GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Just A Love (Ever Niley)
Eu poderia usar a desculpa de que estava apenas tendo uma sensação estranha ao explicar porque demorei a dormir naquela noite. Na verdade, uma mistura de sensações. Eu estava feliz por ver Nick outra vez, conversarmos. Mas estava chateada por sermos apenas amigos. Ao mesmo tempo, sentia-me insegura diante das possibilidades de nunca passarmos disso, ou mesmo de como eu reagiria a cada vez que nos víssemos.
Demi, ao contrário, estava feliz. Tinha Joe de volta, e de alguma forma descobriu para qual universidade a escola havia mandado seu “currículo” de estudante mediana para, quem sabe, ser chamada. Tinha boas notas em Matemática, mas nunca fez o estilo totalmente nerd... embora até hoje dividisse seu coração entre Joe e logaritmos. Preocupações de uma adolescente normal com uma vida perfeita.
Eu sonhava com Julliard, mas durante o Ensino Médio algo me dizia que eu passaria mais alguns anos estudando biologia depois que saísse de lá. Ao contrário do que parece, alguns anos atrás Demi julgou perda de tempo quando eu e Taylor conversamos sobre entrar para o mundo das artes de vez, ele com artes cênicas, eu com música. Um mundo mágico na nossa mente. Mas nunca mais havia pensado sobre o assunto. E nem estou me concentrando muito nisso nesse exato momento.
Naquela tarde anterior, a mesma em que Nick e eu finalmente conversamos, ela quis acompanhar Joe até em casa. Eu preferi ficar, não sei por quê. Mas cheguei a tempo para, através da janela de vidro ver Nick, no banco do motorista respirar fundo antes de dar partida. Nenhuma expressão de alívio, mas sim de certa tensão... talvez fosse assim que eu devia chamar o que eu mesma estava sentindo.

Eu: Vai ficar aí me assistindo dormir? – Demi estava sentada numa cadeira, calada, enquanto eu me preparava para dormir.
Demi: Hm... sei que você não vai dormir.
Eu: De onde tirou essa ideia?
Demi: Nick veio aqui. Falou com você. Nada está como antes. Parece suficiente para mim.
Eu: Para mim não... acho que finalmente vou dormir essa noite. – Dei de ombros, sabendo que ela estava certa.
Demi: ... Então está bem. Vou... dormir também. – Procurou o que dizer. Pelo que conheço, ou ela estava querendo saber alguma coisa ou havia acontecido alguma coisa. – Boa noite.
Eu: Demi! – Ela deu meia volta. – Aconteceu alguma coisa? Digo, essa tarde, depois que você foi com Joe?
Demi: Se aconteceu alguma coisa? Oh, não! Foi tudo bem... perfeitamente bem, não poderia ser melhor! – Estranhei o modo como respondia. – Estou falando sério! Passei a tarde lá, vi algumas pessoas outra vez.
Eu: Sim... pessoas que você não via há apenas 5 dias.
Demi: Foi tudo bem! É sempre bom rever Sr.ª Jonas, o Sr. Jonas que mais uma vez me chamou de Miley, o Kevin...
Eu: Ah... então nada de diferente, não é? Boa noite.
Demi: Boa noite. –Ela se virou para sair com passos lentos, mas parou novamente antes de sair. – Também vi a garota loira de olhos azuis que você viu outro dia. – E saiu sem falar mais nada. Taylor? Demi sabia que era parente distante deles, eu já havia falado. Por mais que se esforçasse em não transparecer, estava óbvio que aquilo a incomodou.

<...>

Sel: ok, vamos ao parque!
Demi: Tudo bem.
Eu: Não vamos a um parque!
Sel: Porque não? Não é parque de diversões...
Eu: Eu sei. É a réplica do Central Park, mas não vamos.
Demi: Devíamos ir. Mas, a loirinha de olhos azuis não vai, não é?
Eu: Taylor.
Demi: Me recuso a chama-la pelo mesmo nome que meu irmão! Não que tenha algo contra ela... mas ela não vai, não é?
Sel: Porque não?
Demi: Pode só dizer “não, ela não vai”? – Implorou.
Eu: Nem ela e nem eu!
Sel: Por mim ela pode ir... mas você, Miley, DEVE ir.
Eu: Não vou. Não quero estar lá com “Você e Taylor”, “Joe e Demi” e... eu!
Sel: Nick com certeza vai.
Eu: Não tem nada a ver. Somos amigos, seria estranho para mim ficar no meio de casais com meu ex-namorado.
Sel: Não me venha com essa de Best Friends Forever. ¬¬ E além disso, é só um passeio! Faz tempo que não saímos juntos! Vai ser legal!
Demi: Vocês não são amigos? Amigos saem para se divertir... – Falou casualmente.
Eu: Obrigada Demi! – Ironzei. – Eu quero ir, mas... não sei.
Demi: Se formos para a praia, a loira sem sal também vai? – Eu e Sel a encaramos. – O que foi? É só uma observação, já falei que não tenho nada contra ela.
Sel: Tudo bem, vamos à praia a noite. Mas você vai.

< ... >

Nem preciso dizer que não consegui convencê-las do contrário. Não que eu tivesse tentado... no fundo eu queria ir.
No fim da tarde todos estavam animados para ir. Pelo menos, era o que Demi deixava bem claro. Só estávamos eu e ela em casa e eu tinha a impressão de que todos já estavam juntos se divertindo... já deu para entender a animação dela, não é?
No inicio da noite, fomos no nosso ponto favorito da praia. Existia uma distancia considerável até vermos a areia se encontrar com as ondas. Mas, não chegava a ser totalmente isolado. Eu sempre diria que era meu lugar favorito da cidade. Todas as vezes eu diria em pensamento.

Sel: Hm... chegaram cedo! – Falou enquanto se aproximava de nós. Estávamos Eu, Demi, Joe e Nick tinha acabado de chegar. Ficou calado por um tempo, assim como eu. Taylor passou a tarde na casa de Sel e por isso esperávamos que viessem juntos.
Demi: Porque devíamos perder tempo sem esse cenário? Olha só! Tem areia por toda minha roupa e deve ter nós nos meus cabelos com esse vento. – Ela começou a falar com um sorriso, mas terminou a frase meio insatisfeita. Selena riu.
Joe: Taylor não veio?
Sel: Veio! Na verdade, um amigo louco o encontrou quando saímos do carro e começou a relembrar coisas do passado. Ele está tentando fugir dele, nesse momento...
Joe: O.o Boa sorte para ele.
Sel: Vai precisar. Oh Joe! Você trouxe o violão! – Bateu palminhas animadas e eu me encolhi um pouco... senti que não queria cantar ou tocar agora.
Joe: Nick deu a ideia, Demi concordou...
Demi: Sim, você está vendo que ele trouxe. – Colocar o cabelo no lugar tirou a paciência dela.
Sel: Ok, Nick vai mostrar o que sabe fazer hoje?
Demi: É claro!
Nick: Não.
Sel: Ah, vai!
Nick: Hoje não. A noite é toda sua, Joe! – Falou simpático, com as mãos a frente do corpo, apoiadas no joelho. Estávamos separados apenas por Selena, que em um instante agradeci mentalmente por ter sentado ali.
Joe: Ok, vou colocar você no chão depois dessa música.
Nick: Faça isso. – Joe começou a dedilhar rapidamente algo que não identifiquei no início.
Demi: Dá um tempo, Joe! Não toca isso de novo. O.o
Joe: Que foi?? Hoedown Throwdown é uma das melhores músicas country que existem!
Sel: Sim, se você estiver de botas em uma fazenda. Não é assim que vai “colocar o Nick no chão”! – Imitou a voz dele o que foi engraçado.
Joe: Tem razão... me acompanha nessa? – Bateu de leve no braço de Demi, tirando-a de sua interminável guerra com os cabelos.
Demi: Nem pensar! Estou num momento complicado da vida. – Revirei os olhos, um pouco mais a vontade pelo fato de nenhum deles pedir que eu tocasse ou cantasse ali. Ele deu mais um leve empurrãozinho de brincadeira distraindo-a novamente e ela o encarou pronta para mais uma de suas respostas, mas acredito que tenha sido o modo como ele a olhou que a impediu de dizer qualquer coisa. Pude ouvir uma simples melodia nesse meio tempo. – Eu não quero... – Era como se ele soubesse que ela cederia.
------------------------------------------
ADDITIONAL CASH



So let's sing na? (Então, vamos cantar na...)
Na na na na, hey ya
Come on and sing na? (Venha e cante na…)
Na na na na, hey ya
This is our song (Essa é nossa canção)
That's all that matter (Isso é tudo o que importa)
Cause we all belong right here together (Porque todos nós devemos estar bem aqui juntos)
There's nothing better than singing along (Não há nada melhor que cantar junto)
This is our summer (Esse é o nosso verão)
This is our song (Essa é a nossa canção)

Grab your guitar (Pegue sua guitarra)
Sit by the fire (Sente-se perto do fogo)
Cause we all need a song when we tired (Porque todos nós precisamos de uma canção quando estamos cançados)

We'll sit here together and sing it out loud (Nós sentaremos aqui juntos e cantaremos bem alto)

This is our song (Essa é nossa canção)
That's all that matter (Isso é tudo o que importa)
Cause we all belong right here together (Porque todos nós devemos estar bem aqui juntos)
There's nothing better than singing along (Não há nada melhor que cantar junto)
This is our summer (Esse é o nosso verão)
And this is our song (E essa é a nossa canção)

This is our song (Essa é nossa canção)
This is our song (Essa é nossa canção)
This is our song (Essa é nossa canção)

Come on and sing na? (Venha e cante na…)
Na na na na, hey ya
Come on and sing na? (Venha e cante na…)
Na na na na, hey ya
Come on and sing na? (Venha e cante na…)
Na na na na, hey ya
Come on and sing na? (Venha e cante na…)
Na na na na, hey ya
This is our song (Essa é nossa canção)
That's all that matter (Isso é tudo o que importa)
Cause we all belong right here together (Porque todos nós devemos estar bem aqui juntos)
There's nothing better than singing along (Não há nada melhor que cantar junto)
This is our summer (Esse é o nosso verão)
(Our summer) (Nosso verão)

This is our song (Essa é nossa canção)
That's all that matter (Isso é tudo o que importa)
Cause we all belong right here together (Porque todos nós devemos estar bem aqui juntos)
There's nothing better than singing along (Não há nada melhor que cantar junto)
This is our summer (Esse é o nosso verão)
And this is our song (E essa é a nossa canção)

This is our song (Essa é nossa canção)
(This is our song) (Essa é nossa canção)
This is our song(Essa é nossa canção)
(This is our song) (Essa é nossa canção)
This is our song(Essa é nossa canção)
This is our song(Essa é nossa canção)

------------------------------------------

Joe: Wow... – Parecia recapitular os últimos minutos. – É, você já cantou melhor. – Senti um tom de provocação? Demi reagiu como o esperado.
Demi: Do que está falando, Joe?!
Nick: Que você tem uma voz linda, Demi.
Joe: Sim, e acho que você poderia ter aproveitado isso... – Estava na cara que ele só tentava tirá-la do sério, e, pelo que conheço, era isso que estava prestes a acontecer.
Demi: Você tem dez segundos, Joe... Dez, nove...
Joe: Então tenho mais que o necessário. – Rapidamente ele esqueceu o violão de lado e num piscar de olhos Demi tentava se vingar, mas tinha uma séria desvantagem ao tentar alcança-lo, já distantes de nós.
Eu: Não acha que o Taylor está demorando muito? – Foi a primeira coisa que consegui falar.
Sel: Tem razão... acha que eu deveria voltar lá?
Eu: Não! Claro que não... ele está bem, tenho certeza. – Juro que não saberia o que fazer se Sel deixasse eu e Nick sozinhos. Metade de mim queria isso, e a outra tentava afastar a ideia com medo de arriscar.
Xxx: Quem é vivo sempre aparece!
Sel: Essa não... – Algo do tipo “Que tipo de pessoa ainda cumprimenta os outros desse jeito?” passou pela minha cabeça, mas nem tive tempo de pensar numa resposta. Lucas Till passava ali próximo com um amigo e uma garota que continuaram andando enquanto ele parou.
Till: O que foi? Sabia que ía gostar de me ver! Afinal, faz um tempo, não?
Sel: O que está fazendo? Seu convencimento me dá nojo... – Ela tentou ser firme, mas só a presença dele já causava uma tensão na sua voz.
Till: Vou ignorar seu comentário ofensivo. – Encarou-a. Os amigos dele o esperavam mais adiante. Quando percebeu que Nick estava ao lado não perdeu a oportunidade. – Então... já terminou seu casinho com Taylor e já partiu pra outra... – Falou sarcástico ao extremo. – Eu sabia que isso ía acontecer logo! Conheço você Selena... mais do que pensa.
Nick: Cara, qual é o seu problema?!! – Nick se levantou rapidamente, num impulso, claramente irritando encarou Lucas que estava surpreendido com a reação. Selena estava imóvel. Não sei com que dimensão aquelas palavras lhe afetaram, mas seriam coisas que eu não ficaria feliz em ouvir.
Till: Se sentiu ofendido? Desculpe, mas não diga que não avisei... – Riu.
Nick: Não seja mais idiota ainda. – Seu tom aproximou-se da incredulidade. – Não estamos falando de mim. Mas não é assim que você vai tratá-la. – Os dois tinham praticamente a mesma altura e a forma com Lucas o encarava fixamente, duvidando do que ouvia, me assustou. Mas Nick estava firme, como se não se importasse no que podia se envolver. Era como uma... proteção. E depois de alguns segundos de tensão Till tinha que dar a ultima palavra.
Till: Perguntou se eu tinha problema? Eu não. – Ele se inclinou um pouco, tentando tirar Nick do seu campo de visão e indicar Selena, como se insinuasse com o sorriso sarcástico que ela era o “problema”. Vi os punhos de Nick fecharem e rapidamente Selena segurou seu braço.
Sel: Ignore, por favor.
Garota A: Hey, você não vem, Lucas?? – Gritou mais atrás e nenhum de nós se moveu até que ele tivesse saído de lá demoradamente.
Nick: Tudo bem? – Virou-se para ela falando quase num sussurro. Quando me dei conta eu mesma já estava dando alguns passos, indo de encontro a ela e a abracei.
Eu: Não liga para o que ele falou... você sabe que não é verdade.
Sel: Mas já foi verdade.
Eu: Mas você mudou. E a gente sabe disso, e você também. Não escuta o que esse “sem cérebro” diz, ok? – Afastei o abraço e sorri docemente para ela, que apenas concordou timidamente.
Sel: Está tudo bem, Nick. Obrigada. – Nick não teve tempo de responder.
Taylor: Achei vocês! Dá para acreditar o cara lembrou da vez que pintamos a cadeira da professora e ela sentou em cima no 3º ano?? – Ele disse animado, sem se dar conta do que havia acontecido e Sel, ainda olhando para mim, sorriu ao ouvi-lo falar.
Sel: Taylor, quer dar uma volta? – Percebi que não estava “tudo bem” ainda e a encarei-a de uma forma diferente... como que cobrando algo como “você disse que estava tudo bem” e ela apenas levantou os ombros. O tipo de linguagem sem palavras.
Taylor: Mas... eu acabei de chegar.
Sel: Comigo. Quer dar uma volta comigo? Só eu e você? – Taylor estranhou, mas logo trouxe de volta o tom animado.
Taylor: Ainda pergunta? – Eles iam saindo quando lembrei onde isso terminaria.
Eu: Ô gente!!! – Foi quase um pedido por socorro.
Sel: Desculpa, My! – Ela sussurrou. Assisti os dois se distanciarem na quase completa escuridão. Estava na esperança de que eles voltassem e eu não precisasse me virar e encarar Nick sem saber o que falar. Respirei fundo antes de fazer isso e, quando vejo, ele já estava sentado e a tensão de minutos atrás parecia desaparecer de seu rosto bem desenhado. Sentei ao seu lado e esperei que o vento trouxesse ideias! Longos minutos. Oh, claro! Porque não pensei antes?
Eu: Gostei do que fez. Por Selena. – Ele balançou a cabeça vagarosamente, pensativo. Não pude evitar pensar que ele tinha a mesma iniciativa de “ajudar” ou “proteger” Selena, e nem por isso gostava dele mais do que uma amiga. Mais uma prova de que nunca me amaria apenas por saber que eu era a garotinha que ele salvou a vida. Que pensamento idiota que eu tive!! Ele amava uma pessoa, não um acontecimento. E essa pessoa era eu.
Nick: Odeio pessoas como ele. São tão... – Procurou as palavras, mas nem eu sabia como dizer, embora entendesse onde queria chegar.
Eu: ...acho que não existem adjetivos. – Revirei os olhos.
Nick: Isso! Ela vai ficar bem?
Eu: Vai... – Olhei para o mar à nossa frente. - ...só que as vezes se dá conta de como era no passado e se arrepende. Entramos em um novo e longo silêncio que, estranhamente, não incomodava...
Nick: Acha que foi de propósito? – Encarei-o confusa e notei sua expressão relaxada e um pouco divertida. – Digo... todos saíram!
Eu: How... você duvida? – Ri e ele fez o mesmo... gostei de ouvir aquele som novamente.
Nick: Não mesmo. Mas, acho que eles queriam que você ouvisse uma música nova que eu fiz.
Eu: Só eu? E eles? – Brinquei.
Nick: Só você. – Ele me encarou por uns segundos suficientes para me prender também, mas logo mudou a direção do olhar pegando o violão.

Era como um delírio dentro de mim, algo capaz de me fazer perder os sentidos para a realidade e focá-los na melodia. Notas suaves acompanhavam a voz dele e me alienavam aos seus olhares incertos que, ao mesmo tempo em que me davam esperanças, transformavam todas as esperanças em dúvidas. Talvez fosse só o fruto da imaginação e do desejo que me fizesse achar que ele ainda sentia o que eu sinto.

----------------------
ADITIONAL CASH
(N/A: Vamos usar um pouco da imaginação...um pouco mais! HÁ Imaginem essa versão acústica de FLy With Me completa: http://www.youtube.com/watch?v=4JWSxXVtpjU&feature=related )

If time were still  (Se o tempo parasse…)
The sun would never never find us (…O sol nunca nos encontraria;)
We could light up the sky tonight (Nós poderíamos iluminar o céu esta noite.)
If I could see the world through your eyes (Se eu pudesse ver o mundo através dos seus olhos…)
Leave it all behind (…Deixar tudo para tras.)

If it's you and me forever (Se fosse você e eu para sempre…)
If it's you and me right now (…Se fosse você e eu agora…)
That'd be alright (…Ficaria tudo bem.)
Be alright (Tudo bem.)
If we chase stars to loose our shadow (Se sós perseguíssemos strelas para perder nossa sombra…)
Peter Pan and Wendy turned out fine (…Peter Pan e Wendy se deram bem)
So won't you fly with me? (Então, você não vai voar comigo?)

Oh yeah
Gonna fly with me now (Vem voar comigo agora.)
Now the past is coming alive (Agora o passado está vindo à tona.)
And give it meaning (E dando significado…)
And a reason (...E um motivo...)
To give all I can (...Para dar tudo o que eu posso)
To believe once again (Para acreditar outra vez)

If it's you and me forever (Se fosse você e eu para sempre…)
If it's you and me right now (…Se fosse você e eu agora…)
That'd be alright (…Ficaria tudo bem.)
Be alright (Tudo bem.)
If we chase stars to loose our shadow (Se sós perseguíssemos strelas para perder nossa sombra…)
Peter Pan and Wendy turned out fine (…Peter Pan e Wendy se deram bem)
So won't you fly with me? (Então, você não vai voar comigo?)

Maybe you were just afraid (Talvez você estivesse apenas assustada)
Knowing you were miles away (Sabendo que está a milhas de distancia…)
From the place where you needed to be (…do lugar que você precisava estar.)
And that's right here with me (E esse –lugar- é bem aqui comigo.)

If it's you and me forever (Se fosse você e eu para sempre…)
If it's you and me right now (…Se fosse você e eu agora…)
That'd be alright (…Ficaria tudo bem.)
If we chase stars to loose our shadow (Se sós perseguíssemos strelas para perder nossa sombra…)
Peter Pan and Wendy turned out fine (Peter Pan e Wendy foram felizes)
So won't you fly with me (Então, você não quer voar comigo?)
If it's you and me forever (Se fosse você e eu para sempre…)
If it's you and me right now (Se fosse você e eu agora…)
I'd be alright (Eu ficaria bem...)
Be alright (Ficaria bem)
If we chase stars to loose our shadow (Se nós perseguíssemos estrelas para perder nossa sombra…)
Peter Pan and Wendy turned out fine (Peter Pan e Wendy foram felizes.)
So won't you fly (Então, você não vai voar...)
Fly (Voar…)
Fly with me (Voar comigo?)
----------------------

Perguntei-me diversas vezes quem o teria inspirado e, contrariando a mim mesma, eu tentava chegar a outra pessoa que não fosse eu. Mas, não conseguia imaginá-lo pensando em outra pessoa dessa forma.  Queria voltar a ser o motivo de suas canções. Queria ouvi-lo cantar a nossa música outra vez.
Ele olhou para mim por um longo tempo, e eu não sabia se ele esperava que eu desse minha opinião, se ele sentia o coração acelerar como o meu ou se ele estava lembrando os erros que me permiti cometer.
Fiquei insegura e constrangida diante das opções. Escolhi a mais simples.

Eu: Bom... eu... acho que deveria mostrar para todos. Eles vão amar. Afinal, acho que eu não deveria ter o que chamam de “tratamento especial”, não é? – Tentei ser divertida, mas torci para que ele discordasse. Ele apenas balançou a cabeça como se voltasse ao mundo real e colocou o violão de lado.
Nick: Claro, não deveria ter. - Fomos interrompidos por Joe e Demi que chegaram rindo.

Eu: Parece que fizeram as pazes. – Falei sem me preocupar em ouvir a resposta.
Demi: Do que está falando? Nunca brigamos. – Invejei isso por um instante, e pelo resto da noite éramos nós dois, entre músicas, palavras e sorrisos... tentando ser apenas amigos e mais nada.
**********************

~> Ya! Woow! Espero que tenham gostado, se não peço desculpas! Finally/ minha net está funcionando e agradeço a todos pela paciência! Como diria Miley Cyrus: “My fans are awsome!!” ~Não sou Cyrus pra ter fans, mas vcs são surpreendentes! HÁ Obrigada pelo apoio, guys!
~> Respondendo:
·        Gabrielly: Ownt que bom q gostou beibi girl! Respondendo... não vai demorar. Ou seja, estamos em reta final. L Niley *-*
·        Juliana: Não chora, beby! HÁ AHHHHHHHHHH VC VAI????? *-* Ownnn que me dera! Agora eu q vou chorar!
·        France Ananias: Sério? Legal!! Nunca ouvi...O.o  hehe Me inspiro um pouco nos meus favoritos, mas ninguém escreve melhor que Demi, Miley, Nick e Taylor! São mais que escritores! E vc é lok. Kkkkk quase não terminei de ler seu coment vertical. Pufe uri
·        Mackenzie: Ainda assim obrigada pelo esforço. Rs E pelo coment! Sym, vamos ver no que dá.
·        Niley um Amor Inexplicável: Pode deixar, dear! Esse blog é seu?
·        Teté: YAAAA! Vc tbem tá com a historia super fofa! *-*
·        Anonimo: Que bom, amr! Obrigada mesmo por dizer! Bom... acho que o que escrevo não chega a esse ponto. Fica pra imaginação de vocês. Ok? ;)
·        Tmendre: OBRIGADAA!! *-* Sym, temos que lembrar que quando a amizade vem primeiro tudo fica mais fofo. Rs Coloquei o Nick pra narrar um pouco pra vcs entenderem o que se assa na cabeça dele. Ainda bem q gostaram. Levantou da cadeira?? Kkkkkk Sym, Taylor vai se intrometer, mas só um pouquinho. Agora eu vi os PONEIS!!!! PONEI MALDITO/ LA LA LA LA LA LA LA
·        Robb Jonas: Obrigada! Sure! ;)
·        Stay Strong: Maluca e forever alone kkkkk é noix. Ownn fico tão feliz de ver essa ‘emoção’ toda de vocês ao ler um capítulo! Rs Já vi o PONEI! Viu eu cntando ali pra Tmendre?? Haha tá, vou te seguir no @MusicasDaMiley ;)
·        Téh: Serás a ultima novamente ~profecia. Kkkkk Sym, não importa a ordem. NICHOLAS SPARKS: THE MAN <~ELE!! *-* HA Minha fonte de inspiração. O Joe ficou dodói psicologicamente pq ficou londe da DD. Kkkk Sym! Eremos Niley sempre!! *-*
·        Lívia: Postado! J
xoxoxoxo



Marcadores: | edit post
Está: 
11 Responses
  1. hihi beibe hihi cap muito perfeito hihi,eu ri muito com a Demi HAUHSUAHS
    já ta acabando? bubu- entrnado em depressão
    Mas enfim hihi amei o cap *-* quero mais logo viu? '-'


  2. Juliana Says:

    awwwwwwwwwwn que capítulo LINDOOOO
    siiiiiiiim eu voooooooou, quer que eu te leve? te coloco dentro da mala KKKKKKKK

    Ficou tão perfeito, ppsta loogo ;)


  3. teté Says:

    AHHH QUE LIIINDO!!! Preciso de Niley de novo :(


  4. OOOWM
    FOI
    TÃO
    FOFO
    NÃO COMEÇA FRANCE!
    PAREY, TÁ?AN... QUANDO MILEY E NICK VÃO PARAR DE GRACINHA, HEIN?
    AH NÃO! EU RI MUITO DA MILEY PEDINDO SOCORRO, EU NÃO IA PEDIR NÃO EU IA GRITAR: "NICK ME POSSUA" E DEPOIS AGRADECER POR TEREM ME DEIXADO SOZINHA COM ELE
    ENFIM... SÓ FAÇO COMENTÁRIOS DIVOS, NÉ?
    MAS NÃO É PRA QUALQUER UM NÃO, TÁ?
    TE CUIDA MANOLA
    BEAJ!


  5. Lúh Smile Says:

    Ameii o capítulo*-* Muito bom mesmo, se vc quiser entra lá no meu blog e veja o q acha, ok? É o meu primeiro :) Bjos :*


  6. Ruh Says:

    oiee, amei amei amei o capítulo!
    faz um favor pra mim? divulga meu blog Niley?
    http://rhmml.blogspot.com/
    obrigadaaa
    beijos


  7. Daniella Says:

    oi Ever niley...
    esse capitulo ficou muito bom... mas nao é por isso que estou aqui!
    Eu tenho uma ideia para uma nova fic, só que para eu fazer ela eu preciso da sua colaboração... depois que eu te explicar você vai saber o porque
    só que nao da para eu te explicar por comentário então... você podia me passar seu e-mail para eu poder te explicar? se você nao quiser colaborar com a historia tudo bem mas você podia pelo menos ouvir como ela vai ser... na verdade nao é uma colaboração ta mais para uma permissão!
    estranho??? talvez, mas depois vai fazer sentido!
    PS: posta logo o próximo capitulo... morrendo de curiosidade aqui!


  8. Oiee, selinho pra vc -> http://sorteouazar-niley.blogspot.com/2011/09/selo-de-qualidade-o.html


  9. Lúh Smile Says:

    Oie! Selinho pra vc *-* http://tryyourbesttoloveme.blogspot.com/2011/09/selos.html


  10. Tmendre Says:

    Aii Senhor, pq você faz essa coisas comigo, porque vc faz um capitulo desses pra mim deixar maluca e mais obsecada por essa história (se é que é possivel eu ficar mais maluca e obsecada haushauhsuas. Mas... Eu não estou reclamando, você pode me tortura o quanto quiser com essa história haushuahsuas Ela é incrivel de mais. Sério, se vc lançar um livro eu quero um exemplar autografado hauhsuahsuahsuas'

    Eu: Taylor.
    Demi: Me recuso a chama-la pelo mesmo nome que meu irmão! Não que tenha algo contra ela... mas ela não vai, não é?
    (...)
    Demi: Se formos para a praia, a loira sem sal também vai? – Eu e Sel a encaramos. – O que foi? É só uma observação, já falei que não tenho nada contra ela.
    Com certeza a Demi não tem nada contra ela haushaushaus' Cara eu ri

    This is our song?! Ai eu Amo essa música, ela tbm vai estar na segunda temporada da minha fic, mas cantada por todos ou quase todos, mas quem perguntou né?! haushaushuas'

    E achei supor fofo e corajoso ele protegendo a Selena do Till.
    Ai e o Nick cantando FLy With Me Tão fofo, deu pra imaginar certinho ahh eu usei a imaginação pra versão acustica haushauhsuas'

    Ahhh agora que você viu os poneis você tem cultura haushauhsaus'.
    AMEI de mais amore.
    Beijos
    Peace&Love


  11. Oiie gente, tenho uma novidade para vocês \o/
    Eu tive uma ideia de um novo quadro no Vampiros Vs Lobisomens.
    Pois bem explicarei a minha ideia:
    É meio que uma competição!
    Durante duas semanas, todos os blogs inscritos estarão numa enquete na sidebar no blog, os três blogs mais votados ganharão:
    1º blog mais votado: Três meses de destaque no Vampiros Vs Lobisomens + Um banner para o seu blog.
    2º blog mais votado: Dois meses de destaque no Vampiros Vs Lobisomens +Um post sobre o seu blog.
    3º blog mais votado: Um mês de destaque no Vampiros Vs Lobisomens.

    Quem quiser participar, é muito simples:
    Comente nesse post com os seguintes termos:

    Nome do blog:
    URL do blog:

    Lembrando até semana que vem as inscrições de todos os blogs que quiserem participar.
    Ah, faltam 13 comentários no Vampiros Vs Lobisomens - Capítulo 6.
    Um grande beijo.
    Lívia