GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Just A Love (Ever Niley)
Aquela noite foi suficiente para quebrar o gelo. Aprendi a usar os “encontros de amigos” ou, na mais pura verdade, “encontro de casaizinhos apaixonados e eu sobrando” para tentar deixar as coisas acontecerem naturalmente. Pareceu funcionar. Em uma tarde percebi que aprendi a controlar o desejo de ter um abraço romântico ou beijos viciantes... embora esses desejos ainda existissem. Apenas me sentia feliz em tem a proximidade de Nick, sua voz, seus sorrisos e brincadeiras, e abraços descontraídos. Eu amava esses momentos, pois eram o melhor que eu poderia pedir.

Joe: Tem sorvete no seu cabelo.
Eu: Não, não tem.
Joe: Tem sim.
Eu: Ok, onde?
Joe: O que?
Eu: Onde tem sorvete?
Joe: No seu cabelo.
Eu: Em que parte?!
Joe: Eu não sei do que você está falando. – Ele dizia concentrado no próprio sorvete, sem sequer olhar para mim.
Eu: De que parte do meu cabelo tem sorvete.
Joe: Eu não sei. Você que está dizendo que tem sorvete no seu cabelo.
Eu: Foi você quem falou!
Joe: Eu não falei nada. Por acaso você me ouviu dizer “Miley” em algum momento? Eu nem falei com você.
Eu: Você não é normal! – Perguntei extremamente confusa e começando a rir.
Joe: Porq...
Nick: Joe!!! Fica... quieto. – Disse encarando-o. Joe deu de ombros.
Demi: Woow! Cheguei! Quem quer experimentar meu sorvete? – Sentava na mesa, ao lado de Joe.
Joe: Eu q...
Demi: Espero que ninguém, pois não vou deixar. J - Nós rimos da expressão de Joe.
Joe: Isso não é justo! Eu tenho necessidade de expandir meus conhecimentos, não posso me limitar apenas ao de morango!
Demi: Isso porque você sempre escolhe o de morango.
Joe: Porque é o melhor!
Demi: O.o Nunca experimenta outros, como sabe se é verdade? – Joe fez careta. Aquela conversa infantil não ía acabar cedo.
Eu: Ok, peço um igual o meu pra você. Mas só se você adivinhar qual o sabor antes. – Não seria tão fácil, já que ele nunca escolhe outros sabores.
Joe: Ok! Fácil! Hm... deixe-me ver. – Ele encarou atentamente meu sorvete por um longo tempo, até Demi estalar os dedos na frente de seu rosto e acordá-lo para o “desafio”. – Já sei. É óbvio que é morango descolorido! – Todos o encaramos atônitos com a resposta.
Demi: Oh meu Deus!
Eu: O que??
Joe: É brincadeira! Chocolate branco, é claro. – Falou convencido e eu achei graça. – Já pode pedir o meu? Não quero que demore.
Eu: Não é nada disso!
Joe: Claro que é! O que mais seria???
Nick: Baunilha com cobertura de morango com pedaços. – Nick disse distraído com a colher no sorvete, enquanto todos o encaramos. “Não torne as coisas difíceis, Nicholas...”, supliquei mentalmente por saber que ele se lembrava de detalhes de quando estávamos juntos.
Eu: Você lembra... – Pensei alto e Joe e Demi voltaram sua atenção para mim.
Joe: Não vai me dizer que ele acertou!!! AH Isso é bullying!!! Se fosse eu dizendo “Baunilha com cobertura de morango com pedaços” estaria errado! Mas já que foi o Nick está tudo certo! – Disse imitando a voz de Nick ao repetir o sabor.
Demi: Calma, amorzinho da minha vida! Nós pedimos um desses pra você mesmo assim, ok? – Falou com ele como se fosse um bebê e Joe concordou. Demi levantou para pegar o outro sorvete.
Eu: Hey, aquela não é a prima de vocês? – Apontei para a garota loira de batom vermelho que caminhava em nossa direção.
Tay: Oi!! Não sabia que vocês estariam aqui.
Nick: Precaução... – Joe chutou a perna de Nick por baixo da mesa.
Joe: Oi Taylor! Conhece a Miley?
Tay: Oh, sim! A garota que se passou por estátua esses dias. – Vi Nick revirar os olhos e eu, com certa dificuldade, lembrei me da tarde em que passei em frente a casa deles e ela me viu. Devo mesmo ter ficado muito tempo observando o cenário para agora estar sendo tachada de “estátua”. Ela estendeu a mão e eu cumprimentei. – Prazer, Taylor!
Eu: Miley.
Tay: Já sei, Joe acabou de falar. Posso sentar? – Ela não esperou resposta. Sentou no lugar que Demi estava. – Então, Joe! Ouvi você tocando ontem! Cara, você toca muito bem! Eu sempre quis aprender! Você poderia me ensinar. – Ela falava perto demais dele.
Joe: Não... n-não era eu. Era o Nick.
Nick: Mas ele também sabe. Eu ando ocupado pra ensinar alguém, desculpe. – Nick se livrou.
Taylor: Sério? O.o Achei que fosse você ontem.
Demi: Aqui, J... – Demi paralisou. Eu podia ler seus pensamentos, e não eram nada bons. Encarou Taylor que continuou a falar algo. Demi respirou fundo. O olhar mortal que eu conhecia aflorava, mas ela tentava contê-lo. – Olá, Taylor.
Tay: AH, oi! Que coincidência você aqui!
Demi: Eu já estava aqui, no lugar que você está agora. – Demi engoliu a raiva que devia sentir.
Tay: Verdade? Oh, desculpe. Você pode pegar outra cadeira, não pode? – Demi encarou Joe e rapidamente ele se levantou pegando uma cadeira para ela e colocando ao seu lado. Pelo visto, eu não era a única que conhecia aquele olhar dela.

O tempo reservado para aquele ‘passeio’ foi reduzido, já que Tay insistia em continuar conosco falando a todo instante, principalmente com Joe, o que deixava Demi nada satisfeita. Eles foram nos deixar em casa e Demi se contentou em dar apenas um “Tchau” friamente para Joe enquanto soltava sua mão e entrava na casa.
A situação não pareceu ficar melhor para ela na outra vez em que combinamos algo.

Nick: Não parece estar animada para ir a algum lugar. – Disse enquanto Demi tinha ido até o quarto de Joe e Sel e Taylor esperavam na varanda. Eu já não sentia a tensão que senti da primeira vez que ficamos a sós depois de toda essa confusão. Ele parecia feliz e satisfeito em ver como estávamos e eu ficava feliz em pensar que ele se sentia assim. Mas minhas forças iam embora a cada vez que nos víamos e a realidade de que eu quebrei aquele amor ‘batia na minha porta’. Suspirei ao ver sua expressão facial infantil, como se tentasse me fazer sorrir apenas em me olhar.
Eu: Não, que isso. Eu estou animada. – Inclinou a cabeça semicerrando os olhos deixando claro que não tinha me conhecido ontem para acreditar no que eu disse. – Ok, não estou muito...
Nick: Posso saber por quê? – Ele tinha razão. Só o fato de me olhar já arrancava um sorriso de mim.
Eu: Não é nada. – Encolhi os ombros desviando o olhar. - Só... que as vezes tenho a impressão de que tudo não está tão bem quanto parece. – Voltei a olhar em seus olhos esperando se reagiria dizendo que “nada estaria totalmente bem até estarmos juntos outra vez”, mas isso não aconteceu. Ele estava sentado no sofá ao meu lado, com as mãos entrelaçadas e o corpo inclinado para frente. Fitou-me por longos segundos e eu me perguntei se ele sabia do que eu falava. Talvez não.
Joe: Sim, nós vamos. – Chegou descendo as escadas, seguido por Taylor que tagarelava e Demi logo atrás.
Tay: Ah legal! Posso ir com vocês, assim conheço melhor a cidade! ^^ Ainda não saímos juntos... – Demi levantou o dedo como se fosse falar algo, mas Joe a interrompeu sem perceber.
Joe: Por mim tudo bem.
Tay: Sério?! Ah, já falei que você é demais?! – Ela comemorou e saiu correndo em direção as escadas. Demi fuzilou Joe com o olhar.
Joe: hã... Tay... acabei de lembrar! Não tem mais lugar no carro, seria contra lei andar com pessoas a mais sabe... deixa para a próxima, pode ser?
Tay: Oh... tudo bem, então. Combinado! – Ela piscou e subiu as escadas encarando-o por alguns instantes ainda.
Demi: Você viu isso?? – Ela tentou sussurrar entredentes ao se aproximar dele mas não conseguiu ser tão discreta.
Joe: Não é nada, a Tay sempre foi assim.
Demi: Oferecida?? Pra você?? – Cruzou os braços.
Joe: Ok... – Respirou fundo. – Tem razão. Desculpa. – Ele a puxou para perto e deu um beijo em sua testa antes de abraça-la. Demi fechou os olhos.
Demi: Está bem. Agora vamos...
Sel: Prontos?! – Disse vindo da varanda. Eu e Nick levantamos e seguimos Joe e Demi até a saída. Eu ia de cabeça baixa, ainda pensando na breve conversa que tivemos há poucos minutos. A varanda estava à meia luz, e quando Nick deveria passar por ultimo e fechar a porta eu senti um toque macio semelhante ao das suas mãos, passar pelo meu braço até rapidamente alcançar minha mão e segurá-la por alguns instantes. Olhei para minha mão e meus olhos seguiram caminho até os seus e o interrogaram sem palavras.
Nick: Eh... ei, vocês podem ir indo na frente?!
Taylor: Porque? Você não vai?
Nick: É que... a Miley acabou ver que esqueceu o celular. Sabe...pegou a mania do Joe!
Joe: EU NUNCA ESQUECI MEU C... peraí, cadê meu celular??? – Disse procurando nos bolsos, quando Demi estendeu a mão com o celular na mão. – AH, aí está!
Demi: Então, esperamos você pegar, My! ^^ - Olhei para Nick e percebi que ele não tinha mais o que dizer.
Eu: ãh... eh.. é que ainda vou procurar! – Olá criatividade!
Nick: Isso! – Disse divertido. – Vão indo na frente! Alcançamos vocês de algum jeito! (N/A: Sorry, guys! Mas eu nunca me lembro de quem é o carro que eles andam! O.o kkkk)
Demi: Hmm.... – Demi sorriu maliciosa e foi a minha vez de encará-la com meu olhar mortal. – Ok, nos vemos lá. - Todos foram embora e Nick me puxou pela mão em direção à cozinha, quando eu tive um ataque de riso sem fim.
Nick: Ok, já podemos conversar civilizadamente? – Perguntava com a mão no queixo, e uma expressão um tanto divertida no olhar.
Eu: Posso saber por que você sempre coloca a culpa em mim?? Pelo que me lembro, da outra vez meu suposto cachorrinho estava com problemas. Kkkkkk - Ele achou graça.
Nick: Tem razão. Mas se a culpa fosse minha, não teria motivos para você também ficar.
Eu: Ok, ok. Já estou perdendo uma carona, não quer falar logo?
Nick: Que isso... você parece bem mais feliz por ter ficado. – Inclinou-se sobre o balcão.
Eu: E você se importa com isso? – Falei brincando com um tom provocante, imitando o mesmo movimento que ele fez sobre o balcão de mármore encarando-o. Ficamos parados assim por um momento, e era como se ele estivesse me dando alguma resposta, mesmo que não falasse nada.
Nick: Não quer me mostrar o que andou escrevendo?
Eu: Como sabe que ‘andei escrevendo’?
Nick: Não sabia. Mas é o que eu fiz, então...
Eu: Você poderia me mostrar então. – Eu já tinha músicas escritas. Mas a única que rondava minha mente era a que estava em busca de um final feliz.
Nick: Fiz isso da última vez, lembra?
Eu: Como esqueceria? – Falei por impulso, lembrando-me da ultima noite na praia. – Digo... a música era linda. – Ele riu perdido nas próprias ideias.
Nick: Eu sei que você faz melhor. – E eu sabia que não seria boa ideia continuar com isso. Mas eu queria, lá no fundo.
Eu: Melhor não, Nick... não sei se seria boa ideia.
Nick: Qual o problema? Você sempre sorri enquanto canta... e, isso é bom. – Achei engraçado o modo como ele tentou ‘remendar’ a frase.
Eu: Sim, é bom. – Ele foi andando ao quarto onde eu sabia que estavam alguns instrumentos e eu o segui. Respirei fundo aproveitando os últimos segundos para lembrar de alguma música antiga que tenha escrito, mas foi inútil. Ultimamente só havia escrito músicas sobre corações quebrados e esperanças criadas.
Nick: Espera... – Ele parou, encarou o ‘nada’ por alguns segundos. - Acho não quero ouvir se você não quiser. Acho que... só senti falta de te ouvir cantar... – Falou tímido, e foi o que faltou para derreter meu ‘lado racional’.
Eu: Gosta do que eu componho? – Sorri pegando o violão em suas mãos. Ele correspondeu ao sorriso, entendendo minha resposta. Sentei na beirada da cama e ele me acompanhou.
Nick: Sou seu maior fan. ;) – Fiquei com cara de boba outra vez. Sabe aquela expressão sonhadora-super-idiota de ‘Eu no país das maravilhas’? Alice, querida, você perdeu seu lugar.
Eu: Ah... quem sabe depois eu te dê um autógrafo?! – Nós rimos juntos.
Nick: O que pode me mostrar? – Engoli aquele sorriso!
Eu: Hm... bom... tem uma música que venho trabalhando a um tempão, mas não está terminada. Acho que só tem ela na minha cabeça nesse momento.
Nick: Canta pra mim, My? – Por um segundo me senti novamente em uma cena de filme. O garoto certo. A garota perdidamente apaixonada. Os dois são amigos. Mas os corações estão quebrados demais para o amor. Oh, God!
Eu: T-tudo bem... – Saí do meu transe e tentei me concentrar sem saber se queria que ele soubesse que a música era sobre nós ou não.

--------------------------------------------------
ADDITIONAL CASH
Goodbye (Adeus) – Miley Cyrus




I can honestly say you've been on my mind (Eu honestamente posso dizer que você esteve na minha mente…)
Since I woke up today, up today (Desde que eu acordei hoje /acordei hoje/)
I look at your photograph all the time (Eu olho para sua fotografia todo o tempo)
These memories come back to life (Aquelas memórias voltam à vida)
And I don't mind (E eu não me importo.)

I remember when we kissed (Eu lembro quando nós nos beijamos)
I still feel it on my lips(Eu ainda sinto isso nos meus lábios)
The time that you danced with me with no music playing (O tempo em que você dançou comigo sem nenhuma música tocando)
I remember the simple things (Eu lembro das coisas simples)
I remember until I cry (Eu lembro até eu chorar)
But the one thing I wish I'd forget (Mas a única coisa que eu desejaria esquecer…)
The memory I wanna forget (A memória que eu quero esquecer…)
Is goodbye (É o Adeus.)

I woke up this morning (Eu acordei esta manhã)
And played our song (E toquei nossa música)
And through my tears I sing along (E através das minhas lágrimas eu cantei sozinha)
I picked up the phone and then put it down (Eu peguei o cellular e então coloquei lá)
Cause I know I'm wasting my time (Porque eu sei que eu estou perdendo meu tempo)
And I don't mind (E eu não me importo.)

I remember when we kissed (Eu lembro quando nós nos beijamos)
I still feel it on my lips(Eu ainda sinto isso nos meus lábios)
The time that you danced with me with no music playing (O tempo em que você dançou comigo sem nenhuma música tocando)
I remember the simple things (Eu lembro das coisas simples)
I remember until I cry (Eu lembro até eu chorar)
But the one thing I wish I'd forget (Mas a única coisa que eu desejaria esquecer…)
The memory I wanna forget… (A memória que eu quero esquecer…)
----------------------------------

Parei de cantar sabendo que uma lágrima lutava para se formar, mas eu seria mais forte que ela. O silencio seguiu por alguns instantes e quando levantei os olhos encontrei os dele e logo me senti submersa em seu mundo outra vez. Ainda assim não sabia o que fazer... o que ele queria que eu fizesse agora. Não sabia se ele falaria algo, ou se eu deveria falar... tentei começar alguma palavra e então percebi que meus delírios deviam estar se tornando reais demais, já que eu podia jurar que ele estava aproximando o rosto do meu. Talvez aquela miragem do deserto... mas não foi isso. Agora eu lutava para que meus olhos não fechassem à medida que ficávamos mais próximos. Rendi-me a isso no exato momento em que nossas testas encostaram uma na outra. Eu sabia que ele também fechara os olhos, e eu podia ouvir sua respiração profunda, embora calma. Talvez o receio tenha impedido que continuássemos. Eu queria ter essa sensação indescritível outra vez, mas a incerteza se era o momento certo separava nossos lábios... até que uma força ‘sobrenatural’ dentro de mim me fez afastá-lo um pouco. Era como mover uma montanha sozinha... já que meu corpo não obedecia bem.

Eu: Preciso saber o que realmente está acontecendo... – Ele se afastou e eu virei um pouco o rosto. Demorou para que respondesse. Nem eu mesma conseguia acreditar que consegui afastá-lo.
Nick: Eu não sei. – Ele pareceu assustado por uns minutos, até aparentemente se arrepender. – Sinto muito. Pode me desculpar? – Sorri fraco.
Eu: Pelo que? Eu que deveria te perguntar isso. – Novamente ficamos em silencio e eu não tinha por onde continuar. – A música... não está terminada. Desculpe. – Correspondeu, outra vez, ao meu fraco sorriso.
Nick: Foi a melhor que já ouvi.
Eu: Obrigada. Agora, é melhor nós irmos. Os outros vão ficar preocupados.

Nick concordou e nós fomos no carro do Kevin. Não pude deixar de lembrar que a Sr.ª Jonas não permitia que ele e Joe tivessem seu próprio carro até que entrassem na universidade. Íamos em silêncio. Eu olhava através da janela. Ele ia concentrado no caminho, mantendo um braço apoiado na janela e a mão na testa. De qualquer forma encantador.
Notei que era mais difícil que da primeira vez. Não era só a insegurança que nos impedia de continuar além. Era o medo e os arrependimentos possíveis unidos à essa insegurança que existe na primeira vez que você ama alguém e ela corresponde.
Não sabíamos se havíamos agido certo, deixando chegar a esse ponto. Mas, agora, enquanto seguíamos aquela rua da cidade, tínhamos a certeza de que nem tudo havia realmente acabado. A tempestade não foi capaz de levar tudo embora.
*****************************

~> AHHHHH! Postei!!! Nem acredito! Kkkkk Sério, demorei bastante dessa vez, não? Rsrs Não foi a intenção, acreditem. Aconteceu tanta coisa que fiquei meio ‘desnorteada’ e não deu para escrever antes. Mas espero que tenham gostado.

~> Respondendo:
·        Gabrielly Potter: Sim, estamos em reta final de Ever Niley. Mas sempre aparecem coisas, então nem digo nada. Kkkkk Obrigada ^^
·        Juliana: SYM! Já fui na sua mala!!!! To aí manola *-* Nick
·        Teté: Logo terá! Rsrsr *-*
·        France: Hm... ele estão tendo que ‘redescobrir’ tudo de novo. Então, vamos dar tempo ao tempo e teremos Niley. ^^ hehe kkkkkkkk euri com vc! “Nick me possua”. Sym, seus comnts são perfeitamente divos! Kkkk lok
·        Lúh Smile: Obrigada, amr! Claro, deixa seu link que quer que divulgue, ok? ;) AHHH Muito obrigada pelo selinho! *-*
·        Ruh: Divulgado! ;) Obrigada!!
·        Daniella: claro, amr! Faz o seguinte, me deixa teu email no coment q eu add! É q eu nunca consigo ver os convites no msn ¬¬ Vou ter o maior prazer em ajudar! Já to animada! *-*
·        Niley Forever: Oiii! Obrigada amr!!! *-*
·        Tmendre: Esse é o objetivo, baby. Te viciar cada vez mais em Niley! kkkkkkAinda bem q vc deixa! Claro, te darei autografado! Kkkkk Ah, tbem amo! E quando ouvi imaginei exatamente aquele cenário para a história! Pra falar a verdd, tbem axei meu cap. Sper fofo. Kkkk Sim, agora tenho cutura! HÁ
·        Lívia: ;) Legal! Parabens pela idéia!
xoxoxoxo


Marcadores: | edit post
Está: 
16 Responses
  1. Aiiint ficou tão fofo o capítulo
    Poste logo, viu.]
    GRande beijo


  2. Daniella Says:

    brigada, brigada
    tenho certeza que voce vai gostar da minha ideia
    MAS QUE CAPITULO FOI ESSE MULHER???
    incrivel
    sua intensao é me deixar mais viciada do que eu ja estou? pq se essa era a intensao voce condeguiu!!!
    quero um mometo niley!!!!
    posta logo please antes que eu fique doida de vez!


  3. Mackenzie Says:

    Nesse teve um poquinho de Niley *-* e Jemi *-* kkkkk A Taylor ta deixando a Dems com ciumes \o/ kkkkkkk precisava mesmo de alguma coisa pra trapalhar Jemi, só não exagera pq se mais um casal terminar eu me mato! okãy, eu exagerei, mas não faz eles terminarem tbm.
    Até quando o Nick e a Miley vão ficar nisso?!aff
    AMEEEEEEEI! POSTA LOGO
    eu não comentei no outro mas eu amei o this is our song *-*


  4. Lúh Smile Says:

    Aii... perfeito!*-* Meu coração acelerou quando o Nick chegou perto da Miley, parecia que eu estava vivendo o momento mesmo kkkk! Está lindo o capítulo, muito fofo os dois! Se vc puder divulgar, o link do meu blog é esse: tryyourbesttoloveme.blogspot.com Obrigada de qualquer jeito :)! Bjos :*


  5. Juliana Says:

    AAAAAAAA Que liindo a Dems com ciumes own kkkkk AAAAAAAAAAAAAA A 3 DIAS ATRAS EU REALIZEI MEU SONHO OMG NICK TÃO LINDO ♥
    Amei, posta logo!


  6. Leeh & Gaby Says:

    Oii !! Amei o cap ! Nossa, que aflição! Queria tanto que eles tivessem se beijado... mas tudo bem né... pelo menos descobri a "musica misteriosa", haha ! E é uma musica com final feliiz ! Vivaa !
    Posta o mais rápido possivel, viu ? Preciso de Niley logoo..
    Ah, e divulga pra mim ? É o blog meu e da Gaby, de flashes e cameras do amor!
    www.stay-nileyjemiejelena.blogspot.com
    Obrigada antecipadamente !
    Beijos !


  7. to amando posta ligo até agora é a melhor fic que já li


  8. thaai vituri Says:

    Amei amei amei amei menina, more le minha fanfic e divulga Por favor é www.thaina-nileyforever.blogspot.com

    Ai o Nick e a Miley tem que volta se não eu vou da piti, muito fofo o momento deles!!!! Posta logo Ever serio não demora mais não se não vou ter um Ataque aqui!
    Beijos e Abraços


  9. CARACA!
    A MILEY É MUITO BR]URRA CARA!
    NOVAMENTE...Se o Nick tivesse feito isso eu ia j]me jogar em cima dele e gritar: NICK ME POSSUA!
    AAAAAAA NICK SEDUÇÃO DA MINHA VIDA!
    AAAAAAAAAAA ~gito tarado~
    Tenha medo de mim soy lok lok lok
    TÁ PERFEITO O JOE É LOKO!Mas eu sou mais eu acho que devia ser irmã deles!
    ME ENFIA NA HISTÓRIA LUANA!KKKKK
    Brinks eu ia acabar com tudo aê sou muito lok
    (Tá France, geral em]ntendeu que tu é lok)
    ENFIM...
    posta maior EU NÃO AGUENTO TU TÁ ESCULHACHANDO DEMORA 654165416518712351874152198541654897456212(fail no número)de anos pra postar!
    BEAJ LUA!
    PS.: Eu amo a Demi, ela quase bateu na miojinho
    PS2.: Não adinanta, eu amo a Tayzinha swift!
    haha
    PS3.: aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    PS4.: POR QUE EU TÔ FAZENDO ISSO???!
    PS5.: AFF CARALHO EMPOLGUEI!
    PS6.: ME AJUDFAAAAA EU QUERO SAIIIIRRRR!
    AFF TCHAU AGORA É SÉRIO!



  10. Ooooi a sumida aki apareceu ^^
    aain ta tao lindo este capitulo... tao sentimental... ameei *.*
    ah, ja postei o ultimo capitulo da minha fic ...


  11. Ruh Says:

    Como vc para assim?!
    Morrendo de vontade de saber o que acontece depois!!!
    Obrigada pela selo, lindo lindo lindo, ameeei...
    Obrigada por divulgar tbm minha web!
    Já disse que amo esse blog??? Se nao, eu digo agora: EU AMO ESSE BLOG!
    Beijos...
    P.S.: Nao comentei antes pq estava em época de provas, nem tinha tempo direito para entrar na net, mas espero ter mais tempo agora...
    Fui...


  12. Daniella Says:

    eu ja postei o e-mail???? nao me lembro, mas a cho que nao entao ai vai:
    daniella_fca@hotmail.com


  13. Teté Says:

    AHH QUE LIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINDO!!! Eu quero Niley de novo!!


  14. beibe mother que me matar do coração ou oq? '-' que coisa '-' chorei aqui viu? '-'
    Cap perfeito hihi,acho que o melhor até agora,hihii
    Lua num pode acabar a fic choro' num pode ta na reta final choro' efim hihi como eu disse cap maravilho beibe mother,quero mais logo viu?
    ah lua ainda num enviei a carta pq ta em greve os correios u-u


  15. Tmendre Says:

    OMG, OMG, OMG, OMG, OMG, OMG, OMG,
    que capituloo foi esse garota,
    vc quer fazer meu coraçãozinho parar a espera do abençuado beijo que não aconteceu 0.0 haushauhsuas'
    Se eu morre eu quero um capitulo dedicado a mim haushuahsuahsuas'
    Sérinho baby, um dia vou ter um enfarte vc escreve absolutamente bem.
    Ah e fiquei honrada com o selo amore
    Muito abrigada mesmo.
    Enfim.... AMEI (sempre&sempre)
    Beijos
    Peace&Love