GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Just A Love (Ever Niley)
Demi: O Joe! Ele vai embora! – E entrou em casa, a porta estava destrancada.
Eu: O que?? Você sabia? O que aconteceu? – Falei com Nick, confusa.
Nick: Não. Quer dizer, sim! Não, não é bem assim! – Ta, eu não entendi nada e corri pra dentro de casa atrás da Demi e ele também veio. – Espera! – Parei antes de abrir a porta e ele quase esbarrou em mim. – Tem algum mal entendido aqui.. .eu acho.
Eu: Ta, eu não estou chateada. Só to tentando entender o que foi isso. – Eu disse abrindo a porta rapidamente. Damos de cara com Demi, sentada no sofá... na verdade, quase deitada olhando pro teto. – Demi... eu.. a gente pode saber o que aconteceu? – Sentei ao lado dela, Nick do outro lado. Nós a fitamos, meio apreensivos enquanto ela mantinha uma lágrima presa, como uma ‘gota’ de vidro, naquele olhar firme e ao mesmo tempo frágil...

DEMI VERSION – SPECIAL SCENE ON

Me joguei no sofá... minha intenção era sentar, mas a vontade de chorar me obrigou a ficar olhando para o teto. É, eu não me importava com qualquer postura, todas as minhas forças estavam concentradas em barrar qualquer lágrima.
Eu: Já falei...ele vai embora. – Tentei manter a voz firme, mas acabei exagerando. Talvez se eu piscasse os olhos, aquela lágrima deslizaria facilmente pelo meu rosto. Eu não queria deixar. Joe não havia me contado nada sobre ir embora. Descobri por sorte...ou azar.
Nick: Quem te falou isso? – Ué.... Nick também não sabia?
Eu: Ahhh o Joe não foi! – Falei um pouco sarcástica.
My: Demi! Quem te falou??
Eu: O que importa quem falou? .... Foi o Kevin... não acha suficiente?
Nick: ...rs... Como ele falou?
Eu: Ta, isso é uma investigação? E porque você riu? – Eu falei impaciente, mas insegura com a leve diversão nas palavras e no rosto dele.
Nick: Bom.. deve ser porque o Kevin sempre foi o pior em se expressar da família.
Eu: Como assim? – Olhei pra ele, confusa e curiosa ao mesmo tempo. My devia estar também. Pela cara dela, não devia estar entendendo nada...é, eu também não. ¬¬
Nick: Ele sempre usava as palavras erradas, então cada um de nós lá em casa era capaz de entender uma coisa diferente do que era realmente.
Eu: Então... o Joe não vai embora?
Nick: Me diz como foi isso...
Eu: Bom...O Kevin disse “E aí, Demi... Joe já te contou que vai embora, né? ^^ Também ficou feliz?” – Imitei a voz do Kevin, o que fez My rir. Na verdade, eu não entedia porque o Kevin parecia tão feliz. O.o – Daí eu olhei pro Joe...na verdade fuzilei ele. E então ele respondeu pro Kevin: “Na verdade, não.” E sorriu forçado, então eu falei: “É, acho que eu devia saber, não Joseph?!”. E aí o Kevin ficou com cara de quem viu um demo e eu saí com raiva e o Joe me seguiu e quando chegamos a um quarto ele disse: “Calma, não é bem assim.” E eu falei: “Ah não, a questão não é ‘Joe vai embora’ a questão é ‘Joe não contou nada pra Demizinha, tadinha’. Ia deixar pra sumir de ultima hora?” E aí ele falou: “Calma, deixa eu explicar!” E eu respondi “Eu não quero ouvir, Joe!Já entendi!” E ele:”Mas...” E eu: “AHH!” E saí de lá...e ele tentou me seguir.
Nick: Ta, respira!! – Respirei fundo. Acho que falei demais...My tava paralisada olhando pra mim.
Eu: Que foi? O.o – Perguntei pra ela, que só sacudiu a cabeça como se voltasse à terra! – Pronto!
Nick: E você não deixou o Joe falar mais nada?
Eu: Ah...achei que já tinha ouvido o bastante. – Falei tímida.
My: O que fez pra ele não te seguir até aqui??
Eu: Falei que se ele viesse atrás de mim eu tentaria enforcar nosso suposto cachorrinho na frente dele.
My: O.o
Eu: Ele acreditou, não olha pra mim assim!
Nick: ¬¬’. É, ele achou mais importante o cachorrinho imaginário sobreviver do que você saber a verdade.
Eu: Verdade... por que ele tem que ser tão infantil as vezes??
My: Você não queria ouvir o que ele ia dizer...
Nick: E não foi tão infantil...ér, não totalmente. É porque a verdade não era tão séria quanto você ta achando. Ele não vai embora.
Eu: Ah...não?? O.o
Nick: Não...é o seguinte, meus pais são amigos de um cara dono de uma Universidade...dessas longe da cidade... é eu esqueci o nome. ¬¬ Mas ele só vai passar uma semana e o Kevin ta louco pra que ele fique eternamente... são irmãos, eles devem se amar. – Ele disse irônico e eu prendi um sorriso tímido entre meus lábios. – O que importa é que ele não queria ir, mas meus pais insistiram muito... então ele concordou em ir só conhecer tudo lá. Não passa de uma semana.
Eu: How... 1 semana? Só? – Falei me arrependendo imediatamente da forma como havia tratado Joe. Nick afirmou. Respirei fundo olhando para o chão. – Droga... o que eu falei foi muito errado, num foi? – Perguntei como uma criança enquanto encostava a cabeça no ombro do Nick.
Nick: O que você acha? – Respondeu levando uma mão até meu outro ombro.
Eu: Que eu devia ter escutado o que ele tinha a dizer? – Miley confirmou desta vez.
My: O que você tem que fazer agora? – Ela disse colocando uma mão sobre as minhas de forma amigável.
Eu: É...tenho que pedir desculpas. Já entendi. Rs... – Dei uma risadinha de leve, e deixei a lágrima insistente cair... eu não estava mais chorando mas meus olhos tinham ficado úmidos. – Posso telefonar?
Nick: na-não....Você fez isso cara a cara. Agora, me promete que vai pedir desculpas pessoalmente? – Ta, ele não precisava complicar mais!!
Eu: Eu prometo! – Assenti com a cabeça. (Não, com os joelhos! ¬¬ Ta,parey)
My: Isso!!
Eu: rsrs... Obrigada... vocês são os melhores amigos do mundo!
My: Ahh, que nada! Você nem conhece o mundo inteiro ainda! – Miley e sua modéstia! Nós rimos juntos e então eu tentei distrair um pouco.
Eu: Ahhh, escrevi uma música!
Nick: Sério??... Droga, eu não devia ter duvidado de você! – Demi tem o poder! Ta, parey again/
Eu: rsrs...a My gostou!
My: Você precisa ouvir! Ficou perfeita! *-* - O celular dele tocou e ele olhou rapidamente o visor.
Nick: O Kevin... ninguém merece. Preciso ir! Mas, não tente fugir, eu vou ver essa música de qualquer jeito. – Ele disse divertido e nós rimos. – Tchau, Demi! Tchau, amr! Até amanha! – Disse enquanto me deu um beijo na cabeça e um selinho na Miley e saiu pela porta, até onde nós o acompanhamos.
Eu: Nunca achei que fosse tão bom falar com o Nick nessas horas!
My: É, ele é perfeito nisso também, né? – Ela disse com cara de boba enquanto ele saía com o carro.
Eu: É... eu amo seu namorado! – Ta, eu quis provocar ela um pouquinho. #bixamá. Me arrependi no segundo seguinte em que My me fuzilou com um olhar de canto de olho. O.o  – kkkkk Não precisa ficar com ciúme. Eu quis dizer como amigo.
My: rsrs...eu sei! Não fiquei com ciúme! De você e o do Nick?.. puf...
Eu: Ficou.
My: Não fiquei.
Eu: ficou...
My: Não fiquei.

É, e assim foi até a hora de dar Boa Noite!
No dia seguinte estava ansiosa. Meus pais chegariam e nós planejamos encontrá-los no aeroporto. Acordei cedo, mesmo sem necessidade. Até as 9 horas esperei My acordar e nada. Então, resolvi ligar pro Joe... ta, eu ainda ia falar pessoalmente com ele.

@@@@Ligação ON@@@@

Joe: Alô.. – Disse com a voz meio sonolenta.
Eu: Joe...bom dia! Desculpa, te acordei?
Joe: rs Sim... mas não imagina como eu to feliz de acordar e ouvir essa voz. – Posso dizer que eu corei, por telefone? *-*
Eu: Não parece chateado comigo...
Joe: Eu não fiquei...você que ficou... um pouquinho...
Eu: rsrsr.... Posso te ver logo de novo?
Joe: Eu já to quase batendo na sua porta, espera só eu levantar.
Eu: J Ta. Bjo.
Joe: Outro em você! Te vejo já.

@@@@Ligação OFF@@@@

Não demorou tanto. Menos de uma hora depois ele tocou a campanhinha. Desci as escadas e pra minha surpresa a Miley já havia aberto a porta. O.o Não sabia que ela tinha acordado!

Eu: Joe! Ã...bom dia My! – Ela acenou feliz pra mim. O.o
My: Ok, vou tomar café-da-manhã. – Ela saiu.
Eu: Vem cá... – Sussurrei.
Joe: Tenho a impressão de estar fugindo. O.o – Ele disse enquanto eu o puxava pela mão até meu quarto. Não queria que a My ficasse ouvindo. ¬¬ - Hum... você não parece a mesma pessoa de ontem...
Eu: Era sobre isso que eu queria falar...
Joe: Ow ow ow... não fez nada com o cachorrinho, né? – Falou assustado.
Eu: ¬¬ Joe... o cachorrinho... nunca existiu!
Joe: Nossa... – Ele disse com uma expressão frustrada sentando na cama. - Então... continua com raiva de mim? – Sentei ao lado dele.
Eu: Eu... eu não deixei você explicar direito. E acabei entendendo tudo errado. – Eu estava de cabeça baixa, procurando as palavras, brincando com as mãos. Dei uma pausa e olhei em seus olhos, pequenos e claros, com um olhar que se tornou compreensivo instantaneamente. Tão fácil. Ele me entendia melhor que eu mesma. – Me desculpa?
Joe: Não foi nada... – Ele levantou e me puxou por uma mão, levando-me até próximo de seu corpo. - Só não queria que você tivesse ficado chateada... – Dizia, colocando minhas mãos ao redor de seu pescoço e me abraçando pela cintura. - ...e também não queria que nada acontecesse comigo, futuramente. – Uma expressão apreensiva me fez rir.
Eu: rsrs... Ta, eu não jogaria um tijolo em você... – Nós rimos juntos. – Obrigada. Prometo que da próxima vez vou escutar melhor.
Joe: Ta, chega de desculpas. Eu não preciso disso, só precisava de você sorrindo assim. – Senti seus dedos tocarem meu queixo. – Então, quer dar uma volta? Hoje é domingo...
Eu: Ah, não vai dar... – Daqui a pouco teríamos que ir no aeroporto, não queria perder a hora.
Joe: Ahhh diz que sim! *-*
Eu: Não...
Joe: E se eu fizer isso... – Ele me deu um beijo no pescoço, leve e lentamente, o que me fez sofrer por mais tempo...já que meus olhos forçaram para fechar e um pequeno choque passou pelo meu corpo. - ...você vai? – Sussurrou no meu ouvido. Que maldade! Não consegui responder... é tava ficando difícil dizer não! Calma, Demi!! Um passo pra trás e você consegue falar! Dei um passo para atras, e ele deu um para frente, outro e ele deu outro. Ia fazer isso outra vez mas aí caí na cama. ¬¬ Ele sorriu um pouco, enquanto eu continuava sem reação. Joe aproximou o rosto do meu, apoiando as duas mãos na cama, ao lado na minha cabeça, e ao ponto de eu sentir sua respiração falou... – É, eu sei que te deixo sem fala... – Ele disse com um ar superior de brincadeira. Eu bati de leve nele e nós rimos até ouvir alguém abrir a porta.
My: Ei, Demi...lembra que... how, desculpa!! Já saí! – Ela fechou a porta rápido e saiu. Eu e o Joe nos entreolhamos e eu me levantei rápido.
Eu: My!!!!! MILEYY! – Abri a porta gritando e ela voltou.
My: Juro que não vi nada! – Vi Joe passar a mão na cabeça, tímido.
Eu: rsrs..hm....não foi nada disso! Então... o que você queria?
My: How, nada...só dizer que estava na hora de ir no aeroporto.
Eu: Eu estava tentando dizer isso pro Joe. Temos que ir encontrar nossos pais lá...
Joe: Ah...boa sorte!
My: Você podia ir com a gente.
Joe: Hm... acho que não é uma boa idéia!!
Eu: Não... você queria sair comigo, podemos ir juntos! ^^ ótima idéia!!
Joe: Essa não!! – Resmungou enquanto eu o puxava pela mão.

Arrastamos o Taylor do quarto também e fomos. Não era tão longe e eu quase enlouqueci procurando por eles no aeroporto lotado! Até que quando vi corri feito louca até lá. Os outros que me alcançassem!!

Eu: Mãe!!!! – Falei dando um abraço nela. Quase caímos...é ,não foi um abraço delicado.
Srª Lovato: Demiii!!! Que saudade, filha! Sabe que sonhei com você? – Ela disse feliz e eu não conseguia conter um sorriso enorme!!! – Miley!!!!
Sr. Lovato: E eu?
Eu: Você é o numero 1!!!! Kkkk Papai!! Que saudade! – Abracei ele também. E em seguida a Miley fez o mesmo enquanto minha mãe apertava as bochechas do Taylor como se ele tivesse crescido! O.o
Sr.ª Lovato:  Parecia que já fazia um ano!!
Sr. Lovato: Ah, toma aqui pra você. – Papai disse pro Joe, tirando um dinheiro do bolso. – Obrigado por ter dirigido até aqui. ;)

Joe: É...
Eu: How... papai...esse é o Joe, meu namorado... – Hm, ele pareceu meio assustado, sério, frio e nada feliz, enquanto Joe estendeu a mão para cumprimentá-lo, mas tenho certeza que se deram bem. ^^
Sr. Lovato: Olá Joe. – é, bem que eu falei!
Sr.ª Lovato: Ahh, você é o famoso Joe! Prazer!
Joe: O prazer é meu, srª Lovato. - *-*
Sr.ª Lovato: Temos muito que nos conhecer! Você parece ser muito simpático.
Joe: obrigado.
Sr. Lovato: Então, o garoto pode ajudar a levar essas 3 malas. Vamos?? – Disse, andando em direção à saída.
Sr.ª Lovato: ¬¬’
Joe: Não posso levar 3 malas sozinho. – Joe sussurrou pra mim.
Eu: É claro que não vai precisar fazer isso! – Peguei um daqueles carrinhos de levar mala que estava li próximo e seguimos para casa.

Joe só pôde ficar até a hora do almoço, quando a mãe dele ligou insistindo para que almoçasse em casa. Aquela tarde passou rápido. Cheia de novidades da viagem e daqui de casa. Foi muito divertido! Pena que o dia seguinte era uma segunda-feira.....cruel segunda-feira!

DEMI VERSION – SPECIAL SCENE OFF
**************************************************
~>Pronto! Sorry guys, novamente, pela demora. Mas espero que tenham gostado. E logo que possível postarei novamente. Queria agradecer à @DemiMyFirework que me deu 2 selos! Muuuito obrigada amor! E próximo post coloquei eles aqui!!

~> Respostas aos coments: Pessoal, eu tenho que sair em 14 min e ainda nem me arrumei! Então prometo que amanha ou mais tarde venho aqui e respondo os coments do capítulo 73 e o do Selo nesse mesmo post, ok?
  • Gabrielly Potter: Ya beibi/ Era pra isso que eu tava procurando as conchinhas! ^^. Bom...resposta dada agora, no cap 74 né? Rs Thanks!!!
  • DéboraJonas: *-* Brigada amor, que bom que gostou..ah, e que sonho estar no lufar dela, hein? Kk
  • Maria Helena: Sério? Ahhh fico feliz que você já acompanha o blog e obrigado por comentar! Sério mesmo!! Espero que volte sempre, flr! *-*
  • Believe in The Storm: Own...brigada. Sym, os românticos me deixam ansiosa e tensa na hora de pensar nas palavras, e se vai ficar bom e não tão meloso. Mas também é um bom gênero. Ótimo na verdade. Só que fico mais a vontade em drama e comédia. :*
  • New: E eu ti dólu fofa! Brigadaaa!!
  • Malody Marie: Eles são perfeitos juntos em todo lugar! *-* Ah, e pode deixar que vou visitar sym!
  • Letícia: Thankd, dear! Ahh, não o Nck não vai. Pergunta respondida com esse capítulo? Rsrs
  • Raissa: Brigada vc, flr. :*
  • Gabrielle:E eu? Tem alguma coisa mais forte do que colapso? Porque é isso que eu teria. Aí no dia seguinte ia achar que tinha sido um sonho. Ta,parey. Kkk Mas, é verdade..O.o
  • Tércia: kkkk Migaaahhh! Eu não fiz AINDA o que você disse, porque ta agendado! E essa idéia de ir embora também foi sua lembra? / Ownt Obrigadaa, por isso (~>és erio, vc sabe faer isso e o mais lindo é q faz de coração e por isso sai como sai, tão puro, leve e lindo!) *-* Você é minha BFF e sabe do sufoco que as vezes eu passava na escola pra equever. Mas amo fazer isso e fico feliz de você gostarem. Niley Forever.
  • Ana Mendes: Postado! ;)
  • Anônimo: É uma boa idéia, e vou considerar isso, amor. Obrigadaaa!
  • Smiley: Vejo a sprmeiras letras do coment e já adivinho que é vc, hein amiga lok! Kkkk  Vc sabe que eu amo quando dizem a parte favorita do cap. né? ^^ 1 ano de amizade! *-* Muitas loucuras, choro por causa dos divos, conversa por microfone, e otras cozitas màs. Kkkk Ti dólu! (Somos igual Power Rangers? Kkkkkkkkkk euriALTO disso! lok) Ah, e nem o Big Rob disfarçado de jumento separa!!! Kkkkk (Lembra disso né?)
  • Débora Jonas: Awnn..brigada amr!! Logo postrei aqui, ok?
  • Ruh: kkkkk é o mal de toda escritora: Terminar na parte mais curiosa! Fazer o que. Brigadaa, e o capítulo respondeu as perguntas,né?
  • Diandra Niley Girl II: Pode deixar que faço isso sym, fofa. E obrigada pelo carinho. ^^
  • Laah: Respondido! Rsrs THX!
  • Stefanie: kkkkkkk Pois é, néh. Todos tempos o lado strange...é a vida. Thanks!
  • MariiTamoyo: Claro que divulgo, amr!! Pode deixar! E brigadaaaa!!! Que bom que gostou!
  • Leeh: Ownnn Que bom, fiquei muuuiiiitãaao feliz de saber disso! E é claro que eu divulgo! Pode deixar!
xoxoxo


Marcadores: , | edit post
Está: 
12 Responses
  1. Pode deixar Ever
    mas amey o cap, fica sabendo
    adoro dimaaais sua história
    xoxoxoxo =)


  2. Sofia Says:

    ADOREI esse capitulo. realmente fikei com dó da demi qnd ela flo q o joe vai embora, mas ae e vi q num era nd ^^.
    é bom estar de volta. =D, é parece msm q a gente num se ve ha mto tempo. haha, hilario isso neah?
    mal posso esperar para o proximo capitulo!
    BJONAS!


  3. DéboraJonas Says:

    Tadinho do Joe e do cahorrinho imaginário ia ser esganado!
    O que achei do capítulo? O que posso dizer? Tá simplesmente... PERFEITO
    Posta logo



  4. Juliana Says:

    Oii, sou leitora noova, hihi, ja li a história toda, até esse cap kk é perfeita a sua história ! ah e vc ganhou um selinho de Melhor história de amor ! jemi-truelove.blogspot.com


  5. Maria Helena Says:

    Amei! Perfeito!


  6. TÉRCIA Says:

    SAUDADES DAQUI...

    EVER, EVER, EVER NILEY \O/

    / ME EMPOLGUEI, KKKKKKKKK

    AIN, Q CAPITULO LINDO! EU AMO QUANDO É DA DEMI *-*

    Q BOM, Q ELA SE ACERTOU COM O JOE -PELO MENOS AQUI TUDO É POSSIVEL, Ç.Ç

    /CHEGA DE DRAMA, KKKK

    NOSSA TINHA Q SER O KEVIN, CLARO Q SIM. MAS ELE DEIXA TUDO MAIS ENGRAÇADO, KKK

    POR FIM, TODOS ESTÃO CONTENTES!

    HM, DEMI E JOE, Q PERIGO HEIN? KKK
    ADOREI A PARTE DELE TENTANDO CONVENSER ELA, MT FOFO *___*

    AMEEEEEEEEI,

    EVER!

    BEIJOS, SAUDADES DE VC!


  7. Teté Says:

    AHHHH que fófis <3
    O próximo tem que ser Niley *_*
    bjooo
    <3


  8. Gabrielle! Says:

    http://ficssempre.blogspot.com/2011/02/historia-mais-envolvente.html te dei um selo amr, espero que goste! Se vai me matar de curiosidade


  9. Tem um Selo de Qualidade lá no meu blog para você, pegue lá.
    O link é o seguinte:
    http://damasdg.blogspot.com/2011/02/selo-de-qualidade.html

    Beijos


  10. Tem um Selo de Qualidade lá no meu blog para você, pegue lá.
    O link é o seguinte:
    http://damasdg.blogspot.com/2011/02/selo-de-qualidade.html

    Beijos


  11. Hey Migah,sorry ter demorado a ler e a comentar,vc sabe,pc quebrou fiquei sem net por um tempo por causa da mundaça,mas como sempre comento os caps da fic,não poderia deixar de comentar esse,mesmo sendo tarde de mais,hihi
    sobre o cap... ~tan tan tan~
    Capitulo perfeito como sempre,vc esclareceu as coisas,fiquei realmente confusa,hehe,ri muito quando a Miley entrou no quarto pensando que tinha intenrrompido algo,hehe
    Ansiosa pro próximo capitulo,quero muito Niley nele ta bom?