GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Just A Love (Ever Niley)
< ... >

Eu sentia falta. Meu coração agora estava ocupado, mas a saudade ainda encontrava lugar. As vezes eu podia sentir como se ela ainda estivesse segurando minha mãozinha pequena para atravessar a rua em frente ao parque ao parque. Não no ultimo dia, não naquele parque que eu temia. Apenas um com espaço amplo onde crianças aprendiam a andar de bicicleta sob um clima agradável. Lembro sua risada... tinha o sorriso parecido com o meu. Lembro sua expressão preocupada, naquela tarde eu que eu arranhei o joelho e chorei como se fosse o fim do mundo. Tenho seus olhos, grandes e azuis. Todo esse tempo não chorei mais ao lembrar ela. Nick, inconscientemente ou não, ajudou-me a lembrar dela de um modo positivo. Mas a saudade ainda doía. E de alguma forma eu gostava da dor, pois não queria deixá-la ir. Era como se eu ainda a mantivesse comigo.
Estava absorta nas memórias, sentada na cama com meu diário aberto. Entre meus dedos, a palheta, o pequeno objeto com a inicial do Nick. E naquele instante, eu não tive dúvidas. Estava decidida a nunca contar para ele que eu, sim, tinha a lembrança que ele guardou na mão de uma simples garotinha, e que eu era a tal menina. Tudo parecia tão perfeito agora que eu não queria que o passado interferisse.

Demi: Dá para vir logo?? Sel está esperando!
Eu: Sabe...é comum bater na porta antes de entrar! ^^
Demi: ¬¬’ Eu bati! Mas você não ouviu!Até pensei em dar uma de Jackie Chan, mas vi que a porta estava destrancada.
Eu: How... Ok! Vamos! – Eu já estava pronta, apenas esperando Sel. Ela disse que tinha que colocar o desocupado do motorista da mãe dela para trabalhar, então ele foi nosso motorista por um dia. J
Sr.ª Lovato: Aonde vão?? – Perguntou ao chegarmos na sala, Demi abria a porta.
Demi: Ah! Vamos ao shopping, com a Sel!
Sr.ª Lovato: Hm...voltem mais lindas! E isso é uma ordem, ok?
Sr. Lovato: Façam o favor de não me falir. – Nós rimos enquanto a Sr.ª Lovato revirava os olhos. Encontramos Sel no carro e seguimos para o shopping.

<...>

Shopping de Malibu. É, eu adoro esse lugar! Admito que antes vinha com mais freqüência... isso é um caso a ser pensado! Era um momento de terapia com as amigas, já que os meninos não puderam vir. Neste ponto eu já estava exageradamente animada com o baile e não via a hora de encontrar o vestido que faria meus olhos brilharem! *-* Desta vez não procuramos por Mx Azria... mas entramos numa loja específica que só a faixada era de dar inveja. Dior. Loja nova aqui, mas a marca já era bem conhecida por nós 3...embora eu achasse que só Sel tivesse roupas daqui.

Demi: Aquele-vestido-está-me-chamando!! – Falou pausadamente, hipnotizada enquanto mudava de direção.Eu e Sel nos entreolhamos.
Sel: Você disse que não ia comprar! O.o
Demi: E daí? – Falou óbvia.
Eu: Demi! Dá para ser clara?? Você vai ou não para a festa? – Perguntei confusa e ela sorriu maliciosa.
Demi: Hm... Deviam dar uma olhada no que vão comprar! Esse lugar arrasa! Depois eu explico... – Ela piscou o olho como eu soubesse do que estávamos falando!!

<...>

Sabe...nunca faça compras com a cabeça em outro lugar do planeta! Não é fácil escolher algo perfeito para vestir quando se tem um monto de interrogação muito grande. Sel foi A Decidida. Rápido escolheu o que queria usar. Demi foi a estrela de O Chamado. Lembra daquele primeiro vestido que ela disse que chamava por ela? Acho que ela ouvia vozes, porque disse o mesmo dos próximos 20 vestidos. Eu fui A Desorientada! Queria tudo e todos e não sabia o que escolher, confusa. Mas Sel deu um jeito nisso comigo. ^^   
Muitas horas em uma  loja e meus pés já doíam. Saímos de lá com sacolas na mão e sentamos nas primeiras mesas que vimos após pegarmos Milk-shakes.

Sel: Prontinho! Nada de energia negativa! – Ela fez um gesto relacionado com Yoga, coisa do tipo.
Eu: É, mas sem perder tempo... Demi, você deve explicações! – Bati a mão na mesa e ela se assustou.
Demi: Nossa, quanta pressão!
Sel: Não enrola, queridinha... não estamos entendendo mais nada mesmo! – Sel imitou meus movimentos.
Demi: Do que estão falando? – Já posso derramar meu milk-shake na cabeça dela?
Sel: Vai ou não para o baile? Tô confusa!!
Demi: Eu já falei...porque eu não iria?
Eu: Por causa de todo esse teatro que você está fazendo?
Demi: Acham mesmo que eu ia perder o baile só porque o Joe insiste em não fazer um convite formal?
Eu/Sel: Sim...
Demi: Ah, eu só to fazendo uma brincadeirinha com ele! Só pra ver até onde ele insiste. Rsrs... é claro que no fim das contas eu vou!
Sel: Garota, você é tão má!
Demi: Acham que estou exagerando? – Perguntou apreensiva.
Eu: Bom, se é brincadeira...não! É divertido ver o Joe assustado, tadinho...rs
Sel: Tenho medo de vocês! É! – Olhei para Selena como se não entendesse a expressão assustada dela.
Demi: Se a brincadeira tiver fim vai ser legal. Hey, você não contou como foi que o Nick te convidou pro baile! – Ela tentou mudar o foco da conversa.
Sel: É!
Eu: Já falei que vocês são muito curiosas??
Sel: Já. – Deu de ombros.
EU: rrs...tá.. foi perfeito. Sabem aquele instante em que você se sente num conto de fadas moderno? – Brinquei com meus dedos em cima da mesa.
Sel: Essa cara de apaixonada...
Demi: É, foi meloso e romântico! Ela entrou em casa com a mesma cara, não lembra? - Ela disse rindo.
Eu: Fica quieta, Demi! Você também tem sérios momentos melosos... – Ela colocou o canudo do Milk-shake na boca, querendo fugir da situação.
Sel: Igual chocolate!
Eu: Chocolate com açúcar!
Sel: Não...com sal! ¬¬’
Demi: Dá pra pararem de comparar minha vida pessoal com chocolate com sal?! – Eu e Sel nos calamos e a encaramos assustadas.
Sel: Caraca, rimou! Já pensou em ser uma rapper?? Tipo... “pessoal” e “sal”!– Ela falou sério??
Demi: Não, Sel, eu nunca pensei em ser uma rapper. O.o E não mudem de assunto quando ele gira em torno de vocês. Você precisa continuar a contar como foi lá, My!
Eu: Não, eu não preciso.
Demi: Já contou pro Nick o teu segredinho? – Perguntou voltando a tomar o Milk-shake, mas olhando imediatamente em meus olhos. Talvez ela só tivesse se dado conta agora de como havia falado. Eu a encarei após ouvir a frase. Meus olhos semi serraram-se numa expressão incrédula.
Eu: Não precisa descontar uma brincadeira!
Demi: Desculpa.. – Ela disse preocupada e pude ver que realmente não era a intenção.
Eu: Além disso, você não precisa falar disso sempre. – Falei normalmente.
Sel: Que segredo vocês estão falando? – Demi olhou para mim como se perguntasse se devia responder e eu acenti. Tive a impressão que Selena já sabia...não sei. Mas seria bom especificar do que estávamos falando.
Demi: Que aquele menino que tentou ajudar a Miley no parque, na noite que a mãe dela morreu, era o Nick.
Sel: Ow... e ele não sabe ainda?
Eu: Eu preferi não falar. Ou melhor, decidi que não vou falar nada.
Sel: Por quê? Ela não gostar de saber que você esta viva?
Eu: Talvez sim. Mas pode ser que não. Não quero que isso tudo venha atrapalhar o momento perfeito que nós temos agora... – Estremeci um pouco só de pensar na possibilidade.
Sel: ah, entendi.
Eu: Promete que não vai falar nada? – Quase implorei.
Sel: Claro! Não precisa se preocupar, My. – Ela sorriu pra mim de um modo compreensivo enquanto colocava as mãos sobre as minhas na mesa.
Eu: Obrigada. J Mas... e você e o Taylor? – Mudei de assunto e ela assustou-se um pouco.
Sel: ahh... eu não sei. Acho que está tudo bem. Não é? – Deu um leve sorriso extremamente confuso.
Demi: Falando sério, eu não sei o que o Taylor tem na cabeça. – Falou simpática.
Sel: Eu sei. E ele tá certo. Mas eu queria saber até quando ele vai me colocar em uma cena de filme e de repente mudar de canal. – Consegui entender a analogia, mas acho que a Demi não.
Demi: Hã?? O.o
Sel: Eu preciso saber quando é que ele vai fingir e quando vai ser real!! – Disse impaciente consigo mesma. – É tão difícil. Parece que o que ele diz não tem ligação com o que ele faz!
Demi: E o que ele faz? – Demi, uma perdida na floresta. ¬¬’
Sel: Eu só não sei em que parte acreditar... não sei se a verdade está quando ele diz que não quer se envolver tanto comigo ainda, ou quando ele faz meu mundo desaparecer em 1 segundo.
Demi: ownn... que fofo! Tirando o Taylor, tudo é fofo. *-* - Selena respirou fundo olhando para Demi enquanto ela falava.
Eu: Bom, acho que logo, logo ele vai ver o tempo que está perdendo inutilmente. Essa dúvida toda vai acabar uma hora, Sel.
Sel: Espero que sim.
Demi: E o Till? Parou de pegar no seu pé?
Sel: Ah, nem me fale! Deve estar falido agora. – Nós rimos juntas.

Aquele assunto acabou naquele instante. Não era tão agradável para as três ao mesmo tempo. Demi fazia um plano maléfico, eu tinha uma vida perfeita e Selena um amor confuso. Tudo isso mudava o ponto de vista sobre cada história. Então o melhor foi falar de coisas que concordaríamos sempre: Lojas e sapatos. É!

<...>

Já estava quase anoitecendo quando resolvemos ir para casa. A surpresa não foi menor quando entramos na sala e vi o Sr.Lovato balançando meu celular ao lado da cabeça. O.o

Sr. Lovato: Alguém esqueceu o celular tocando!! – Ahhh, é por isso que ele não tocou a tarde inteira. ¬¬’
Eu: OMG!! É o meu!
Sr. Lovato: Nick ligou e pediu para que te avisasse.
Eu: O.o O senhor não... desligou o telefone na cara dele não, não é?
Sr. Lovato: Por que faria isso?? – Alguém duvida que a Demi é filha dele? Não! Respondendo...por que será? Essa pergunta foi irônica...impressão que logo mudou quando eu retornei a ligação, já no quarto.

@@@@ Ligação ON @@@@
Nick: Nicholas! Quem fala? – Brincou com a voz séria.
Eu: How...devo ter ligado errado...queria muito falar com o Nicky! *-*
Nick: Assim você acaba com a minha moral pra atender telefone!
Eu: kkkk... você não tem jeito!
Nick: rsrs... e então, como foi o shopping com a Demi e a Sel?
Eu: Ótimo! Mas, me diz... falou com o Sr. Lovato??
Nick: É o que parece. Estranho é você ligar para um número com o nome “Smile” e escutar a voz de um cara do outro lado da linha! O.o – Ele falou confuso e eu dei uma gargalhada. – Que nada! Ele pareceu bem simpático!
Eu: Tá falando sério??
Nick: Sim! Até combinamos de passar o fim de semana juntos...
Eu: Verdde??? – Interrompi.
Nick: Não, isso é mentira. – Eu ri mais uma vez.
Eu: Mas que bom que se deram bem por telefone... Joe não teve a mesma sorte..rs.
Nick: É! Kk...Mas e aí? Liguei para saber como foi sua tarde e você não contou nada.
Eu: Foi ótimo...relaxante... – Suspirei enquanto olhava os pingentes da minha pulseira inseparável. - ...foi... peraí, se você ligou a tarde não foi para saber “como foi minha tarde”!
Nick: Nossa, como você é inteligente!!
Eu: Está duvidando da minha capacidade intelectual?
Nick: rs... não!! É brincadeira, você é a melhor, você sabe. – Dei uma risadinha infantil para disfarçar meu sorriso idiota no rosto. Eu só amava quando ele usava palavras não planejadas...
Demi: My, tá falando com quem? – Ela entrou de repente no quarto. – Me empresta seu celular?
Eu: O que?
Nick: Demi? – Reconheceu do outro lado da linha.
Demi: Papai ainda não devolveu o meu. – Cruzou os braços.
Eu: Hã? Sim, Nick, é a Demi que chegou.
Demi: Ah, não vou demorar. Daqui a pouco você fala com o Nick! ^^ - Ela pegou o celular da minha mão, e com essa confusão na minha cabeça nem consegui me defender! ¬¬’
Eu: Mas...
Demi: Nick, olá! Preciso falar com o Joe! Daqui a pouco a My te retorna! – E desligou o celular...ela DESLIGOU O MEU CELULAR!!!
Eu: Demi!!!
Demi: Shiii! Tá chamando! ^^ - Me calei. Contando de 1 a 10! *1,2,3...respira Miley* - Alô!? Joe!! – Disse feliz. – Hã? Nick?? ... Blergh, tá, Tchau né! 
                                           (Gentee, eu amo essas caretas da Demi! kkk parey/)
Pareceu frustrada. O.o Ela saiu sem dar explicações e eu retornei para o Nick.
Eu: O que aconteceu??
Nick: Joe saiu com o Kevin e para variar deixou o celular em casa. – Tive vontade de rir da “bobagem”, mas seria maldade com a Demi e eu...sou dubem! ;)

Passamos um bom tempo conversando pelo celular...se é que me entende quando falo “bom tempo”!! Haveria jeito melhor de terminar o meu dia?

<...>

Aquela semana passava um pouco rápido demais! Ta, só eu posso usar “pouco” e “demais” na mesma frase. ¬¬’ Seria a ultima semana de aula, a próxima já seria a dos testes finais e do baile. A ansiedade já estava deixando Demi louca! Claro que na frente do Joe ela mantinha as aparências no joguinho que ele não achava divertido.
Nick e eu? Bom, eu tentava estar com ele o tempo que podia. E eram os melhores momentos do meu dia. Mas Selena e Demi estavam tomando todo meu tempo naquela semana, e o difícil era ter um momento só com ele.

Joe: Hey, pessoal! O Kevin disse que ia passar aqui hoje. Vocês querem carona? – Disse enquanto estávamos no jardim da escola, no final das aulas.
Demi: Own... porque não vamos andando, amor?! *-* Pelo menos vai todo mundo junto! – Ela disse fazendo biquinho.
Tay: Você é a primeira pessoa que recusa carona alem da mamãe.. O.o
Joe: Tá, mas e vocês?
Eu: Também gosto do caminho. ^^ - A verdade é que são alguns minutos a mais para sentir os dedos do Nick entrelaçados com os meus, e eu adorava.
Sel: É. – Selena concordava com a desculpa de gostar do caminho.
Joe: Ok, então... – Ele pegou o celular que, por incrível que pareça, hoje estava em seu bolso! Ligou para o Kevin e depois de alguns minutos já íamos andando... antes que eu pudesse completar meu primeiro passo senti a mão que estava colada à minha me puxar de volta. Nick não havia saído do lugar.
Eu: O que foi? J - Falei divertida parando bem na sua frente.
Nick: Só queria saber se hoje você vai sair com as meninas...
Eu: Não que eu saiba... por que? – Perguntei já curiosa.
Nick: Pensei em hoje darmos uma volta...
Eu: ótimo! Vou falar logo com elas... – Quase ia saindo atrás do pessoal que já estavam relativamente longe, mas, mais uma vez ele me segurou de volta. Desta vez me manteve próxima de si.
Nick: Hey... Isso não inclui suas amigas loucas. – Ele sussurrou ao meu ouvido, permitindo-me sentir a onda de arrepio que passou pelo meu corpo. Como ele fazia isso?
Eu: Minhas amigas não são loucas, Nicholas! Rs – Tentei fingir seriedade, mas era impossível se ele sorria enquanto sua testa estava colada à minha. – Tá, elas são sim. – Tive que admitir. ^^ - O que planeja para hoje?
Nick: Eu? Deixa eu pensar... – Fez uma cara de pensativo, claramente fingida, enquanto um feixe de luz do sol passou entre as folhas e tocou seu rosto. - ...hm... ficar mais tempo com você?
Eu: É, eu gosto dos seus planos. Rsrs...
Nick: Hoje, 8h p.m (20h)?
Eu: uhum! Posso saber aonde vamos?  - Perguntei enquanto ele ainda me abraçava pela cintura.
Nick: Claro! Quando chegarmos lá você vai ver! ;)

Eu adorava surpresas. Mas ele sabia que eu ficava louca quando não sabia quais eram. ¬¬’ Tá, nesse caso não seria mais surpresa, né! De qualquer forma, foi o suficiente para passar o restante do dia imaginando onde estaríamos aquela noite. Demi ficou pegando no meu pé enquanto eu me arrumava, e não acreditava quando eu dizia que não sabia aonde ia. Mas era a única resposta que eu tinha.

<...>

Luzes discretas destacavam-se naquele lugar. De longe eu já tinha vontade estar lá... Convidativo, calmo, bonito e sem exageros. Assim era o lugar de Malibu que eu nunca tinha visto.

Nick: Com fome? – Perguntou, apontando com os olhos para o tal lugar, enquanto desligava o carro.
Eu: Um restaurante? – Pergunta boba... Não, Miley! Isso é uma invasão alienígena!! ¬¬’ – Você é bom nisso! J - Nós entramos, e alguém nos levou até a mesa, decorada de forma simples, num lugar mais discreto, como eu havia pedido. Sentei de frente para ele. Estava confusa... qual seria o melhor: tê-lo ao meu lado, ou ter a melhor visão? Fico com a primeira opção! Conseqüentemente teria a segunda! *-* - Ahh...sabe...essa cadeira deve estar com algum problema, quem sabe essa daí está melhor? – É, isso não foi nada convincente...e talvez não fosse minha intenção ser. Mudei de lugar, e quando finalmente sentei vi que Nick me encarava de lado. - ^^
Nick: Melhor agora?

Eu: Beeem melhor! Rsrs... – Mal fechei a boca e nos entregaram cardápios que nem sequer tocamos. – Já tinha vindo aqui antes?  
Nick: Uma vez...com meus pais. Não foi tão divertido, já que o Kevin se engasgou e fez o maior escândalo.
Eu: srsr... Esse é o Kevin, não é?!
Nick: E o pior é que o Joe acreditava quando ele dizia que ia morrer!! – Nós rimos juntos.
Eu: Bom, vou fazer o máximo pra não acontecer o mesmo. Vai ser melhor hoje, você vai ver. – Brinquei.
Nick: Já está sendo melhor, Smile! – Ele disse com um sorriso leve, escondido no rosto, finalizando a brincadeira. Seu olhar próximo estava focado em mim.
Eu: Incrível como você faz tudo ficar mais perfeito, quando parece que não tem como melhorar!
Nick: Também me impressiono... – Ele disse, olhando para um ponto na mesa, como se reconhecesse imodestamente o que eu havia falado. O.o - ...mas se tivesse outra pessoa do meu lado isso seria impossível!
Eu: Serio? *-* - Falei com uma expressão idiota no rosto.
Nick: Sim, eu não deveria esconder isso de você. – Confesso que a palavra “esconder” me assustou um pouco. Lembrei do que eu estava “escondendo” dele...na verdade, queria me convencer de que não estava escondendo como um segredo...só preferia não contar sobre o passado por uma boa causa. - Então devo dizer que o momento perfeito é quando aquele único sorriso vem à minha memória... – Ele disse brincando com a pulseira no meu braço...aquela que ele havia me dado, aquela que marcava o inicio oficial de tudo isso. Em seguida levantou o olhar que eu procurava e acabou encontrando o meu.
Eu: Que sorriso...? – Falei ainda com um tom meio idiota... como se as palavras dele me embriagassem de alguma forma... esse era o efeito.
Nick: Tem algum outro além desse? – Pergunta de retórica... não pude responder, pois naquele momento em que senti seus lábios tocarem timidamente os meus, foi o momento em que percebi que estava sorrindo enquanto ele falava. Algo involuntário e natural que só ele sabia fazer acontecer. Foi rápido. Momentos perfeitos sempre são rápidos. O que me parece injusto, já que os ruins costumam durar tanto.
Eu ouvia sua voz. Apoiava minha cabeça em seu ombro e falava alguma bobagem que o fazia rir. Sua mão segurando a minha por baixo da mesa. O modo como seu olhar alternava entre tudo e apenas eu. Nada demais...já que estávamos em lugar publico. Mas coisas pequenas que sempre tornavam sua presença especial.  Acho que perdemos tempo demais, pois veio novamente a garçonete perguntar se já havíamos escolhido. ¬¬’ Bom momento para a pergunta, hein?! Estou sendo irônica!  Mas ela devia estar certa, já que depois de comermos algo, percebi que o lugar já estava quase vazio. O.o

< ... >

Ele dirigia calmamente pelas ruas. Foi o único momento enquanto estávamos no carro em que ficamos calados, após ele ter me feito rir por inventar coisas loucas sobre como seria o baile. Apoiei a cabeça na janela, olhando para o céu estrelado. Aquilo sempre me encantou. Já tentei contar as estrelas várias vezes e sempre foi inútil. Senti uma mão cobrindo a minha, que estava apoiada na minha perna. Olhei e Nick estava sorrindo para mim, curioso, e agora tinha uma mão no volante e outra sobre a minha.

Eu: O que foi? – Perguntei divertida devido seu suposto olhar curioso.
Nick: Nada! – respondeu no mesmo tom. – Mas olha! – Ele abaixou rapidamente o pára-sol do carro, aquele que tem um espelhinho. Eu olhei, mas não vi nada de estranho. O.o
Eu: Não estou vendo nada!
Nick: Não vê que seus olhos refletem as estrelas quando olha pra elas?? – Ele falou como uma criança quando descobre algo novo.
Eu: rsrs... não é verdade! – Bati de leve no braço dele e ele achou graça.
Nick: É tem razão. Não é verdade.
Eu: O que está dizendo, Nicholas?? – Perguntei fingindo estar chateada.
Nick: Só estou dizendo que você não precisa delas! – Ele olhou para o céu através do vidro do carro.
Eu: *-* Já falei que você me acostuma mal, Nicky.

Eu poderia pedir mais? Não. Nunca imaginei que ouviria coisas tão perfeitas da pessoa certa. Aquela que eu amava, e que nunca fugiria do meu coração. Ele não me fazia sentir-me nos céus...mas sim, fazia meu chão desaparecer. Isso seria algo na medida certa, já que seu lado romântico era sempre surpreendente, nada ao ponto de ficar exageradamente açucarado, mas o suficiente para cada sensação ser lembrada.
Desci do carro e ele fez questão de ir até a porta. Na verdade, não insisti para que não fosse. Apenas não quis que isso acabasse. O consolo era que o dia seguinte traria outras oportunidades... que não seria o tipo de noite que “não passaria de um sonho.”

Eu: Nicky...obrigada. – Por tudo. Mas, não complementei. A iluminação era pouca, eu estava um batente acima dele, na varanda, e podia ver a silhueta de seu rosto. Aproximei-me mais e coloquei meus braços ao redor de seu pescoço. – Não poderia ter sido melhor. *-* - Que tal uma despedida mais longa??
Nick: Não fui eu que fiz isso... fomos nós! Não é? – Eu acenti sorrindo. – Sabe, Smile... não é fácil  competir com a Sel e a Demi juntas pegando no seu pé.
Eu: rsrs...isso é verdade. Mas você sempre vai estar em primeiro lugar pra mim... – Deslizei uma mão pelo seu peito e parei onde pude sentir o coração bater. - Pelo menos, não é com elas que meu coração bate mais rápido... – Sussurrei e ele riu comigo.
Nick: Eu lembro como é... – Ele encostou novamente sua boca na minha... e tinha razão. Era assim que tirava meus batimentos cardíacos do ritmo... e me obrigava a apoiar-me em seus ombros, afinal...não sabia quanto tempo conseguiria ficar de pé com minhas próprias forças. Desta vez ao menos, eu tinha um batente de vantagem, enquanto sentia seus braços ao redor da minha cintura e sua leve respiração em alguns momentos...
******************************

~> Ok, babies! Capítulo gigantesco aí! Espero que tenham gostado dos momentos Niley que tanto pediram. Sorry se não foi o que esperavam. Mas vou torcer para que se divirtam!

~>Respondendo:
·         Gabrielly Potter: kkk não esqueci beibi/ É que acho q passei direto e não vi. Já aconteceu antes...sorry. Mas que bom que vc me desculpoU! Kkkk ^^ AiiinN QU ebom que gostou amiga!
·         Tmendre: kkkkk Tbem ri muito nessa cena de Sunny! Ah, a Sel já estava com eles, só que ela tipo...tinha ido na cozinha, uma coisa assim! Brigada amr!
·         Blogueira: Neah! Cai na real, Taylor! Kkkk Ownn...brigada amr! Sério! E logo essa moleza de capítulo light vai acabar! Kkk Se não for já no próximo cap, é no seguinte!
·         Maria Helena: Boa prova, fofa! E obrigadaa por vir mesmo assim! ^^
·         Teté: Eu fiz Niley e já me pediram Jemi! Eu fico louca! He Mas cada um vai ter seu momento e espero q tenha gostado. Thx baby!
·         Juliana: Ainda teremos uma versão Demi e uma Selena sim! Mas não foi esse ainda. Rsrs ;)
·         Blondie: Claro amr! Divulgo seu blog antes do próximo cap! (Gosto de conhecer os blogs que divulgo!)  E muito obrigada pelo carinho.
·         Tércia: Amigaaaa!!! Que nada, o importante é que você vem! EU tbem demoro a postar...kkk Momento mal de todos! Mas é só brincadeirinha, pro Joe parar de ser cabeça dura com isso. Ah, e que bom que entendeu ^^ Que isso, amo seus coments!! *-*
xoxoxo
Marcadores: | edit post
Está: 
12 Responses
  1. Blondie Says:

    Adorei o capítulo! Postaa o mais rápido que puder. Sua história é a a melhor! Super fofa e romântica.


  2. Bloggeira Says:

    Awwnnn ta tão fofo, sua historia é um sonho kk que coisa boba, mas é verdade. Perfeita *---------* !!
    Ameii ta lindo
    Posta logo o proximo cap pq eu ja to lokinha pa ler


  3. OOoooi!
    Que liiiiiindo esse capítulo! :D
    Caramba, agora que eu vi que não comentei no campítulo passado! ¬¬' Eu jurava que tinha comentado! ahhahaha. Mas enfim!
    Amei demaaaaaaaais!
    To anciosa pro baile! Posta logo :)
    Beeeeijos


  4. Manu Costa Says:

    Aiii, Ficou muuuiiitooo lindooo *--*
    Sério, ta PERFEITOO
    Queria ter um namorado assim :/ hahaha
    Vc escreve muito bem, não vejo a hora que você poste o novo capitulo :]
    Posta Logoo
    Beeijos
    Manu


  5. thaina Says:

    que lindo
    muito perfeito
    olha tambem a historia e feita por voce, eu amo a sua historia
    sabia que eu me enpirei em voce para faze meu blog
    eu amo sua historia
    e muito perfeita
    ja li e reli umas 30 vezes
    e a mais perfeita para mim.
    ainda nao achei uma melhor que a sua mais eu ainda procuro
    o que vai ser bem dificial
    posta logo
    posta posta pota logo logo logo
    xoxoxoxoxoxoxoxoxoxo (:
    ^^ bjos ever


  6. oi Ever,
    eu sei, estranho um cara estar lendo seu blog!
    Mas, acredite se quiser, gosto de histórias romanticas, até escrevo-as.
    Os meninos da minha escola ficam me chamando de boiola. Acha que é coisa e gay homem gostar de histórias de romance ou escrevê-las. Sou um grande admirador de Nicholas Sparks, será que ele também é tachado de gay?
    bom, e estou gostando
    posta rápido!
    s2


  7. Juliana Says:

    Aw que foofo !
    ta incrivel !
    posta logo ! haha :)
    Beijos ♥


  8. como eu posso começar esse comentário?
    epâ espera já comecei,hihi
    Bem vmaos ao cap,hehe
    eu ameii,perfeito como todos e teve muito Niley *-*
    achei muito fofo,o capitulo inteiro,muito lindo hehe
    #ansiosa pro prox cap hehe
    já sabe que vou pertubar né?


  9. TÉRCIA Says:

    Ain, vc me deixou sem palavras! *-*

    q capitulo lindo! foi mais do que eu esperava! esteve perfeito do começo ao fim!

    A-M-E-I

    Já disse q Niley é lindo hj?
    pois é , são lindos de mais!

    a história está melhorando cada vez mais!

    eu morro de rir com a Demi, ela é minha preferida! e mais divertida! kkkkk
    menina má, kkkk brincando com o Joe? espero q ele brinque como deve ser. hauhs ~confuso~

    owun amiga como vc é boa em dizer q gosta dos meus coments, ^^ obg
    eu sei q são importantes pra qualquer escritora. :)

    owun quero o nick pra mim! *o*

    ele levou a My pra jantar e fez tudo ser tão perfeito! lindo!

    mas sabe o q me preocupa a My esconder o Lance dela ser a menina do parque. e sei pq...

    EVER NILEY! amei mt!

    p.s.:obg por ter ido nas @musicasdadulcem ^^

    vou te mandar um email com as ideias Niley q eu tive!


    beijos enormes!


  10. tmendre Says:

    Oie :D
    Olha o capitulo ta tão perfeito
    Aquela cena dos Niley PERFEITA (sempre)
    Ai eu ri nessa cena:
    Demi: Acham que estou exagerando? – Perguntou apreensiva.
    Eu: Bom, se é brincadeira...não! É divertido ver o Joe assustado, tadinho...rs
    Sel: Tenho medo de vocês! É! – Olhei para Selena como se não entendesse a expressão assustada dela.
    haushauhsuashaus'
    Ahh eu também amo as caretas da Demi :D
    São muito engraçadas*-*
    Beijos amore
    Peace&Love


  11. Bloggeira Says:

    Owwwww eu to me descabelando aqui, pelo amor de Deus posta logo *---*
    Eu estou tendo crise de abstinencia kerida, please posta até amanha ^^


  12. mihopecyrus1 Says:

    Adorei! escreves muito bem! sabes do que tenho saudades? Tenho saudades do tempo em que o nick era misterioso e andava sempre com a viola e ele e a miley componham musicas um para o outro.... podias fazer um capitulo assim so para mim xD posta rapido xoxo M