GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Just A Love (Ever Niley)
Dedilhei o que veio à mente... uma música antiga escrita que lembrei... a letra nunca saiu da minha cabeça.
------------------------------------------------------------------------------
Additional Cash

“You tucked me in (Você me colocou para dormer)
Turn out the light  (Acendeu a luz)
Kept me safe and sound (Manteve-me sã e salva)
At night (Na noite)
Little girls depend on things like that (Garotinhas dependem de coisas assim)

Brushed my teeth and combed my hair (Escovou meus dentes e penteou meu cabelo)
Had to drive me everywhere (Teve que me levar em todos os lugares)
You were always there (Você sempre esteve lá)
When I looked back (Quando eu olhava para trás)

You had to do it all alone (Você teve que fazer isso tudo sozinha)
Make a living (Fez uma vida)
And make a home (E fez um lar)
Must of been as hard as it could be (Deve ser mais difícil do que parece)

And when I couldn't sleep at night (E quando eu não conseguia dormer a noite)
Scared things wouldn't turn out right (Com medo das coisas não darem certo)
You would hold my hand (Você segurava minha mão)
And sing to me (E cantava pra mim)...”
-------------------------------------------------------------------------------------

Era isso... minha mente infantil ainda na época, foi capaz de escrever pra pessoa que sempre estava comigo, que eu dependia dela... a minha  mãe , sim, ela, que sempre esteve ao meu lado... eu dependia dela... Hoje apenas emocionalmente...na época, em todos os sentidos. Tive que aprender a lidar com outros campos da vida que ninguém ensina tão perfeitamente... apenas o emocional acredito nunca ser controlado. Não sei se ela gostaria de ouvir. Eu sei, deveria ter escrito antes de tudo acontecer. Assim ela saberia a marca que deixaria em mim, a falta que faria e o espaço que nunca seria ocupado por outra pessoa. Por melhor que seja o tempo que a Sr. Lovato ficou comigo, eu sei que no fundo nunca vai cobrir a parte de mim que falta, o vazio que surgiu naqueles dias e que se estende até hoje...
Ouvindo uma batida de leve na porta entreaberta, olhei e vi o Nick entrando...

Eu: How... você chegou. – falei colocando o violão de lado enquanto ele também sentava próximo, um pouco mais à minha frente.
Nick: Cheguei a tempo de ouvir... bela música.
Eu: Ah... não é nada... bom, é sim. – Concertei. – Er... pensei que você não vinha mais.
Nick: ã... pequenos ...contratempos... surgem... na vida... – Ele foi falando pausadamente, pensando no que dizer.
Eu: hum... que tipo? – Sou curiosa, né? Eu sei.
Nick: Boomm... encontrei a Selena no caminho... ou foi ela eu me encontrou..? – Ela estava meio confuso.
Eu: ah... por isso ela saiu logo... – Raciocinei comigo mesma... acho que alto demais.
Nick: Saiu de onde?
Eu: Nada... deixa pra lá. E você não parece ter “corrido” dela... rs – Pra mim era o mínimo que ele sempre fazia. Sério, ela era capaz de assustar quando era muito possessiva!
Nick: Dessa vez não precisou...rs. Ela estava... sociável e só perguntou “o que eu fazia andando nos corredores”.
Eu: #estranho! – Nós concordamos com uma expressão séria e em seguida rimos.
Nick: rsrs...Ok... não vamos falar da Selena tá? – Falou com um sorriso de canto de rosto e eu amava isso. ^^ Ele esperou que eu respondesse e eu assenti com a cabeça, sorrindo... era involuntário. Até onde eu entendi não existia interesse na Sel... e eu gostava.
Eu: Então... porque queria que eu viesse aqui? Sei que tem mais motivos do que só me ver! – Falei convencida em tom de brincadeira e ele riu.
Nick: Miley... Você já escreveu alguma música pra alguém? – Ele falou pegando o violão que eu tinha guardado.
Eu: E como... rs. Essa que eu estava cantando era sobre uma pessoa muito importante pra mim... Minha mãe... a melhor amiga que eu já tive. Cuidou de mim e dava tudo o que eu precisava.  – Ele continuou escutando.
Nick: E tenho certeza que ela gostou, não foi ?
Eu: Ela nunca ouviu... uma noite... ela  saiu de casa, foi em um parque e essa foi a ultima noite que eu a vi.  – Lágrimas se formavam em meus olhos novamente. Era inevitável, isso sempre acontecia. As lembranças machucavam profundamente, e eu sempre terminava sentindo-me culpada por ter insistido em sair aquele dia. Era como se ela soubesse que não deveria ir... mas por minha causa cedeu aos pedidos e foi ela que pagou o preço mais alto... a dor, a perda que eu sinto é um preço mínimo...
Nick: Sinto muito...  – Percebi que ele tinha desviado o olhar para um ponto qualquer no chão e falou isso com a mente meio distante...mas eu sabia que ele não sentia. Como sentir algo por alguém que não conheceu? Ainda assim foi bom ouvir.
Eu: Tudo bem...- Passei os dedos nos olhos enxugando qualquer lagrima que ameaçasse descer - ... agora só não consigo ir em parques ou lugares parecidos... sempre lembro dela.. rs

 Sorri silenciosamente, como se aquilo fosse uma bobagem. Senti-o passar uma das mãos por traz do meu corpo de lado que resultaram num abraço semelhante ao da ultima vez... Reconfortante. Apertou um pouco meus ombros nos seus braços como se meu lugar fosse ali... Naquele abraço. Encostei minha cabeça em seu peito e mesmo que nossos olhares não estivessem em sintonia, eu ouvia e sentia seu coração batendo ritmadamente... isso me fazia não querer estragar tudo com lembranças dolorosas. Ainda o ouvi dizer “Desculpa por perguntar...”. Não queria que ele pedisse desculpas. Levantei alguns instantes depois... cada vez eu me surpreendia com o lado desconhecido do Nick... Quem ele era realmente? Eu sentia que esse era o Nick de verdade, que estava ali quando eu precisava sem nenhuma explicação e que sabia dar o melhor abraço do mundo! Rsrs Na frente de alguns ele era o Nick anti-social, e agora pra mim isso já se tornava engraçado. Essa personalidade não me deixava irritada como no inicio, apenas confusa... mas eu gostava dos dois lados.

Eu: Vamos deixar isso pra lá, ok? – Ele concordou.
Nick:Eu escrevi uma música... queria que você ouvisse... – WTF?? Porque ele queria que eu ouvisse? Digo... eu amaria ouvir, mas é a primeira vez que ele diz isso? Um músico que me pedir opinião sobre uma musica? Parece estranho, mas fiquei curiosa pra ouvir...
Eu: Tudo bem. Eu faço esse GRAAANDE FAVOR. – Falei irônica e depois ri de leve.
Nick: Ok....

Ele já havia colocado o violão na perna e começou a tocar usando uma palheta...essa mesma...aquela mesma palheta intrigante de outro dia! Eu o olhava fixamente enquanto ele tocava as cordas olhando-as tímidamente no inicio, como se evitasse olhar para qualquer outro lugar... mudou depois de segundos de melodia... agora seu olhar alternava entre o violão e eu. Em alguns instantes ele fechava os olhos sentindo a música, já os meus estavam colados nele. Não mudavam de direção... A música não era romântica de” cortar-os-pulsos”... tinha um ritmo perfeito... ideal... Eu conseguia me identificar com aquelas palavras, eram tão reais, como se eu já as conhecesse...

-------------------------------------------------------------------------
Additional Cash II

“I can't get your smile out of my mind ( Eu não consigo tirar seu sorriso da minha cabeça)
(I can't get you out of my mind)
I think about your eyes all the time (Eu penso em seus olhos todo tempo)
You're beautiful but you don't even try (Você é bonita, mas você nem mesmo tenta)
(You don't even, don't even try)
Modesty is just so hard to find (Modéstia é tão dificil de encontrar)

Now I'm speechless, over the edge (Agora estou sem fala, no limite)
I'm just breathless (Eu estou se ar)
I never thought that (Eu nunca pensei que)
I'd catch this Lovebug again (eu pegaria esse Vírus do Amor de novo)
Hopeless, head over heals in the moment (Sem esperanças, cabeça no alto naquele momento)
I never thought that (Eu nunca pensei que)
I'd get hit by this Lovebug again (eu pegaria esse Vírus do Amor de novo)

Kissed her for the first time yesterday (Beijei-a pela rimeira vez ontem)
Everything I wished that it would be (Tudo o que eu achei isso que seria)
Suddenly I forgot how to speak (De repente eu esqueci como falar)
Hopeless, breathless (Sem esperanças, Se ar)
Baby can't you see?(Baby, você não pode ver?)…”
------------------------------------------------------------------------------

Claro que a música não foi só essa parte, mas esse foi o trecho que eu memorizei instantaneamente... era como uma história real com um grande toque de romance. Sobre algo passado e recuperado. A pergunta que ele fez ao terminar parecia ainda fazer parte da música... falando em sorrisos...

Nick: Tá bom assim...? Smile... – Sim, ele chamou pelo meu apelido pouco usado.
Eu: Tá brincando?? Essa música é linda... – Falei com a boca aberta em sinal de “OMG”! –Você tem mesmo mania de fazer músicas perfeitas? – Perguntei em tom divertido.
Nick: Nem sempre....rs... mas ainda bem que gostou porque essa música é sua... – PAROU! O que? Paralisei, meu sorriso sumiu... eu não expressei nenhuma atitude... como um choque...Minha mente não assimilou rápido e começou a encontrar motivos para o porque dele escrever aquela musica pra mim...
Eu: Por que voce escreveu uma música pra mim? – não encontrei motivos concretos e perguntei por impulso. Minhas mãos gelaram, eu precisava acordar nesse instante... certamente eu estava em um sonho profundo.
Nick: .. – ele abriu a boca pra responder, mas o som não saiu de imediato – Pensei em alguma coisa pra escrever e lembrei que você gostava de “Gotta Find You”... então resolvi escrever uma pra você, pra não sair da sua cabeça...rs.
Eu: a.... obrigada...-  falei ainda ‘atordoada’ - ... mas... – É... eu não tinha mesmo o que dizer. Estava sem palavras... era como entender que o ‘ pouco’ que aconteceu entre nós até hoje o marcou também, de alguma forma. Ele encontrou as palavras certas pra me responder, fazendo com que estas não o comprometessem completamente. E agora, existe uma musica que foi escrita pensando em mim, mas nenhuma certeza do que ele sentia com respeito a isso. Como se as palavras da musica mesclassem entre realidade, quando fala de sorrisos e do beijo, e imaginação, quando falava sobre o tal “Amor”. Eu ainda não tinha uma explicação clara para isso... mas essa era minha conclusão.
Nick: Tenho que Admitir que o seu sorriso é contagiante..  – Ela falava sem jeito, e em seguida olhando fixamente para os meus olhos ainda assustados... agora convertidos em sorriso tímido.
Eu: rsrs... é linda. Você não acredita o sentimento de realização que dá entender porque uma música sua foi escrita e pra quem!! – Falei totalmente dramática e ele riu. – rsrs...voce nunca vai falar sobre a outra mesmo, né? – Pois é... dei uma indireta e ele ficou sério...
Nick: Prefiro não falar tanto sobre ela... eu nem sei porque eu ainda canto. Ela fala de uma coisa do passado e acho que ainda não consegui esquecer de vez...
Eu: Lembra do dia da festa? – Falei enquanto ele permanecia com a cabeça baixa parcialmente. Não teve tempo de responder, pelo sorriso disfarçado eu percebi que ele lembrava. – Até hoje eu não... – procurei palavras certas - ...não consegui entender porque você disse que não deveria ter retribuído aquele beijo, que foi perfeito, mas na semana seguinte você não tinha nenhum problema em fazer a mesma coisa e... – fui falando depressa, de forma atropelada e ele achou engraçado...rsrs foi quando eu parei de falar e respirei fundo. – Do que que você tá rindo?? – Foi pergunta de retórica, eu não queria uma resposta e só fez ele rir mais...hum... uma forma de implicância comigo? Sim, é provável...e eu entrei na brincadeira, ficando séria em seguida. – Falando sério,eu sei os meus motivos...mas e você? O porque de que não deveria ter acontecido aquele beijo na festa...pode ser encontrado nesse “passado tão misterioso”? – Um nervosismo ou a falta de resposta tomou conta to seu olhar até o momento desfocado em um ponto. Agora ele levantava o rosto e olhava pra mim sem ter o que dizer...ou quem sabe planejando as palavras. Eu apenas raciocinei... talvez ele tenha gravado a música pra alguém que ele conheceu no passado e por isso não deveria ter deixado as coisas irem um pouco longe naquela festa... mas outro dia ele deixou acontecer de novo. Isso me deixava confusa e perguntar era o único meio para entender melhor. A porta rangeu tímida em meio ao nosso silencio. Olhei naquela direção, arrependendo-me no mesmo instante por não tê-la trancado a 7 chaves...
*************************************
~>O que será que aconteceu?? Vejam na segunda parte desse capítulo! Espero que tenham gostado e obrigado pelos coments! ^^

~>Respondendo:
·         New Histories: Bigada pelo incentivoo! ^^ Você como escritora de uma história linda sabe que as vezes precisamos ‘ouvir’ isso, né? Rsrs
·         Paulinha: Ainda bem que eu saí do MSN a tempo de salvar minha vida kkkk. Ah, e num deixa sua BFF fazer nada perigoso não, tá? Preciso de você com as fotinhas e com essa animação toda! ^^ rsrs/xoxo
·         Jaqueline: kkk ainda bem que é só de curiosidade... e eu que sofro ameaças virtuais da minha miga Paulinha ai...kkk parey/ Ahh tá aí... teremos 1 mega capítulo Niley, começando por essa parte. ^^
·         Tércia: Migahhh! Só é possível porque... vai que a mente dela já tá focada em oooutro alvo, né?^^  Só vc mesmo pra me forçar  a contar o q vai acontecer na historia ... e olha que vc que me dá muuitas idéias e ainda fik curiosa kkk .... cuidado pras outras leitoras não te pegarem! Kkkk brinkdeira./ Tu vai levar o CD pro colégio pra eu tentar converter? (pergunto por aki mesmo O.o.O)
·         Aninha: Vai ter Niley nesse e no próximo, ou seja, um capítulo de 2 partes outra vez....Ah, li o cap. Lá! Muito fofooo ^^ Continua logo, tá?
·         Ashleyzinha: Foi sem querer querendo... :( Mas agora vai compensar, vão ser 1 capítulo inteiro de Niley! *~*Espero que tenha ido bem na prova...e faça bom uso dos seus truques aí, tá? Kkkk
·         Sofia:* Miley *Diva*4Ever* E voce viu o que ela falou depois de cantar Full Circle? “Essa música é pra dois jovens destinados a ficar juntos...é para um dos Jonas Brothers...ai, vocês não ouviram isso!” ahhhh, ouvimos siiim! E não é por causa de “Jemi”, pq quando a música foi escrita Jemi não existia ainda. Ou seja ...NILEY FOREVER! ^^ Tá, parey/ com o discurso! Kkkk É que amuh repetir isso! ^^/Nickisses
xoxoxo
Marcadores: | edit post
Está: 
9 Responses
  1. Jaqueline Taveira Says:

    Haaiinn Ameiiii...To amandoo....pra vc ter noção parei de me arrumar pro show do Luan Santana só pra ler e olha q eu to super atrasadaaa....sahsahushau.....bjiiiim


  2. GBG Says:

    LINDO, LINDO LINDO D++++++++++ AMEIIIIIII
    BEIJOOO.SS


  3. é precisamos ouvir mesmo! =)
    E sobre sua história, perfeita,
    é muito boa, a história é gostosa de ler, é interessante e o melhor ainda é que é sobre um dos assuntos que eu gosto e que me interessam "Niley". Sei lá... Tipo né, eu não sei o que dá em mim, mas eu escrevi (inventei) já 3 musicas exclusivamente para a história real desses dois. Eles me inspiram, o que minha prima acha muito estranho.
    Eu não sei se isso acontec com você, mas... Você já se inspirou na vida real de uma pessoa?


  4. Paulinha Says:

    AMIGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA PARAAAAA TUDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO PEDIOO PRA PARAAA PARO KK'

    TA PERFEITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO SME PALAVRAS TOTALMENTEE AHA MENTIRAAAA EU NUNCA FICO SEM PALAVRASS ESSE E ESPECIALMENTEE PRA TIH

    PERFEITAMENTEENCRIBRELEESPECIALI

    AAHA FOI ESPECIALMENTEE PRAA TIHH ME AMOREEE AHAHA


    AMIGYAA SERIOO TA MARAVILHOSOO


    AHAHA EU VO ME MATARRR

    VCS TAUM CADE VEZ AMIS CONTRA MIM JA VIU O NOVO CAP QUE A MAA POSTOO VCS TAUM TOTALMENTEEE CONTRA A ACOIRADAA A AKI AH LOKKAA AHAHA TA OVINDO TA ESCUTANDOO LADY GAGA AHAHAHAHA


    AMIGAAAAAAA DOIDAA EUU ??TALVEZZ SO UM POUCO FALA A VERDADE MUITOOOOOOO AHAHA

    XERUU^^

    TE AMOOO MUCHH



  5. Sofia Says:

    Amiga!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!AAAAAAAAAAHHHHHHHH! Eu vi que a miley flo q full circus é pro nick! Meu deu um trem ake.... eu suspeitava desde o inicio. Eles ainda acabam juntos. E ainda a miley terminou com o Liam... vai com tudo do nick! (eba)

    Amei o capitulo!!! Posta logo!!!! O que vai acontecer no momento de declaração? Mto ansiosa e sem inspiração. Bom feriado pra vc e to sem criatividade pra faze um big comentario.

    Nickissses e viva Niley!


  6. Kelly Says:

    Lindo :)
    Sigo sua fic ela é um máximo :)
    É mesmo linda
    Divulgue meu blog :)

    http://blogjemiedisney.blogspot.com/

    Obrigada


  7. Ashleyzinha Says:

    Amiiigaaah ..
    Nossa tooh muitoh feliiz poor teer postaadooh =)
    Ficou muitoh perfetooh, maal posso esperar pelo proximo capituloo .. :S
    Aiin deve taah muitoh perfeitooh =)

    DOIDA BEIJOOS ÔÔ
    Eu só lembro de um Ôô
    E de um outro QUASE .. Não lembro deli TER ACONTECEIDOH LITERALMENTE ÔÔ
    #estrenho
    Amiigaah toh doida por mais . poosta o mais rapidoh que voocêe puder Ok ?

    Beijinhos e borboletaas amoore ;)


  8. Tércia Says:

    oi amigaa.
    tá certo,não fico mais falando pra tu me contar por aqui não,pq vai e uma traumada quer me pegar.rsrsrs
    ah segunda levo o cd,ok?


    PAROU!eu não creio q o Nick escreveu uma música pra Miley!
    Lu tu ñ me contou isso,ou contou?bem,ñ lembro.
    Nossa quando eu li,entrei em choque como a Miley.
    q cute *-*
    Capitulo Totalmente NILEY e super fofo.A cada cap vc se supera,esse ficou incrivel.Eu ameeeeeeeeeiiiiiii.ah eu amo ler.
    tham,tham,ram,ram...o q ou quem será na porta?!hehhe/vou me calar.
    ah,o Nick tem dupla personalidade,não sei bem se é isso , acho q é pq a Miley entende ele,e claro,pq ele gosta dela(/óbvio.)



    Ei,Lu só pude ler hj pq a net daqui caiu e quase q não se levanta.aff...no colégio te conto direitinho.
    ah,e tu ñ foi mesmo hein!?


    o cap ficou mt lindo!


    bjs.