GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Just A Love (Ever Niley)
Seria egoísmo querer o amor de um e a amizade do outro? Era muita coisa pra mim?
Troquei a roupa molhada e fui pra sala. Antes de entrar bati de leve na porta e o professor deu permissão para que eu entrasse. Vi Sel sentada ao lado da Demi... de longe ela me encarou, mas desviou o olhar logo. Demi continuou com os olhos abaixados, e é isso aí... nenhum lugar vazio por perto e algo me dizia que isso era proposital. Andei vagarosamente até uma cadeira no fim da sala enquanto o professor continuava com a aula.
A cada vez que eu olhava pra frente e via a indiferença de Sel, o modo como passou a me ignorar era como se estivéssemos cada vez mais distantes, mesmo que eu achasse que era uma falsa indiferença... eu sei que no fundo ela também se importava. Eu precisava seguir em frente, mas a parte sentimental do meu coração ainda estava profundamente machucada e confusa para isso. Quem sabe uma hora nós conseguiríamos dar um ponto final no que aconteceu sem que as lágrimas embaçassem a visão que eu tinha daquela amizade?!
Depois de eternos minutos em uma aula levantei repentinamente, perdida nos meus próprios pensamentos, eu não queria continuar vendo Selena e aumentando a culpa que eu sentia... precisava respirar...

Xxx: Aonde vai, Srta. Cyrus? – Perguntou o professor intrigado enquanto eu me dirigia à porta.
Eu: Ér... eu não to me sentindo muito bem. Dá licença...

Saí sem ouvir a resposta dele e andei pelo corredor da escola tentando me distrair um pouco. Olhava para as paredes sem nenhum objetivo. Eu só queria que nada disso tivesse acontecido. Ao mesmo instante tentava me convencer de que isso ela necessário... era assim que se chegava ao amadurecimento? Eu preferia ser uma eterna criança!
Talvez eu estivesse dificultando as coisas, talvez eu estivesse com medo de encarar a realidade mais uma vez, talvez eu não soubesse o que fazer ou talvez eu só preferisse nada fazer.... A última opção estava fora de cogitação e a segunda, já escolhida antes, foi a que me trouxe até aqui. Eu não queria dificultar as coisas e sabia o que fazer...  logo todas as opções foram descartadas.
Depois de seguir um corredor, meio sem rumo sentei no degrau de uma das escadas e apoiei a cabeça na parede, pensando no que Demi tinha falado sobre não dificultar ou piorar a situação, e sabe... eu queria que ela estivesse aqui agora. Mas tenho que reconhecer... ela me avisou muito, não foi? Culpa minha, culpa minha... não, não dá pra continuar assim!
Tentando pensar de forma harmoniosa, mas sendo em vão, percebi alguém dobrar o corredor que passava em frente à escada que eu estava sentada. Teria continuado andando se não fosse a Demi ou o Nick... e era ele, o que assustou-me de imediato mas foi bom vê-lo parar de seguir seu caminho e, surpreso ao me ver ali, caminhou até onde eu estava.

Nick: Não devia estar em alguma sala de aula?
Eu: Devia... e você também... J
Nick: éh... eu fui... na biblioteca... ler livros de...fisica?!
Eu: rsrs...porque será que eu não me assusto da tal “biblioteca” ficar na direção da sala de música? – Falei fingindo olhar para o fim do corredor.
Nick: Talvez seja porque eu sou um ótimo músico que faz músicas que você ama e também por que eu estava lá mesmo... O.o
Eu: Com quem anda aprendendo a ser tão modesto? – Perguntei rindo um pouco enquanto ele sentava no degrau ao meu lado.
Nick: Hum... com alguém que eu conheço. – Respondeu com o olhar distante, em um ponto a sua frente. Dei um tapa de leve no seu braço em protesto....qual é, ele tava falando de mim! Esse outro lado divertido também era novo pra mim. Era totalmente espontâneo e natural, com um toque de drama, que resultava em surpreendentes instantes. – Falando sério agora, o que aconteceu?
Eu: Ahh... tive que dizer pro professor que não estava me sentindo bem... o que era verdade... – Falei brincando meus dedos – Quer dizer... eu não to doente, mas é terrível ter que ver uma das suas melhores amigas te tratando de um jeito ruim e saber que ela ainda tem razão em agir assim...
Nick: Sei como é... – Olhei nos seus olhos como se perguntasse “Sabe? Como?”. E como se saísse de um transe, ele continuou a responder - ... quer dizer, talvez eu não saiba tanto quanto você... mas você tá se culpando e eu não sei tudo o que aconteceu, mas você não precisa disso...
Eu: Disso o que...?
Nick: Colocar a culpa toda pra cima de você... – ele parou por uns instantes e eu assimilei o que eu já vinha ouvindo antes e que fazia sentido... eu só não tinha conseguido aceitar totalmente ainda.
Xxx: O que fazem aqui? – Olhamos repentinamente pra nossa frente...e lá estava o que não deveria estar ali... O.o.O Parey/ A diretora... com a palavra... Srª Meryl! ¬¬’ – Não deviam estar em sala de aula?
Eu: ér... estranho é ouvir outra vez a mesma perg... – Não consegui terminar de falar minha frase tottaly irônica. Senti um impacto e de repente eu estava com a cabeça deitada no colo do Nick... O.o.O WTF???
Nick: ér... desculpa diretora, mas... a Miley não tava se sentindo muito bem então como eu estava passando fiquei aqui pra ajudar em qualquer coisa... – WTF²²? Ele respondeu com o cotovelo apoiado de leve na minha cabeça deitada, como se tentasse me deixar quieta enquanto eu tentava levantar antes de entender tudo. Quando percebi que meu esforço estava sendo em vão, fiquei quieta e olhei pra minha frente... a visão que eu tinha agora era da Sr.ª Meryl, só que eu a via de lado...óbvio, eu estava ‘deitada’ por livre e espontânea pressão.
Srª Meryl: Oh meu Deus... o que você tem menina?? Febre? Desmaiou? – Sua mão estava na minha testa, como se examinasse minha temperatura
Eu: Nã...
Srª Meryl: Não fique falando muito, só respire...inspire...expire... como estão seus batimentos cardíacos... – Ela parecia estar em estado de choque enquanto eu revirava minha cabeça no colo do Nick tentando livrar-me das mãos dela e ele segurava o riso sem saber o que fazer. O.o.O – Tudo bem, Sr. Jonas... espere aí um minuto que vou chamar uma ambulância!
Eu: EU TO BEM!!! – Quase gritei e a cena congelou: Sr. Meryl tirou as mãos do meu rosto e ficou me olhando, em seguida sentei-me novamente. – Eu já estou bem Srª Meryl.... – Respirei fundo tentando me recompor do momento subliminar assustador!
Srª Meryl: Tem certeza?? Você me parece estar um pouco anêmica... – Começou a analisaro os meus olhos com os dedos. Se eu estava pálida era de susto ou medo dela!
Eu: Sim, tenho certeza, não foi nada!
Nick: Tudo bem Srª. Meryl... não foi nada sério. Quando a senhora chegou ela já estava melhorando. Obrigado. – Ele falou educadamente ainda disfarçando a vontade de rir.
Sr. Meryl: Ok... – Ela disse ainda incrédula - ... mas você já sabe, qualquer coisa é só avisar. Agora, os dois pra sala de aula!
Eu/Nick: Sim senhora! – Respondemos em coro e esperamos ela se afastar até eu sentir Nick rir silenciosamente ao meu lado... eu olhei pra ele enquanto ajeitava meu cabelo que estava completamente fora do lugar, e ele fingiu ficar sério.
Eu: Sinta-se culpado por isso! – Foi inevitável, ao lembrarmos da expressão confusa da Srª Meryl não resistimos ao anterior momento hilário. Depois de um momento ainda lutávamos contra as lembrança daquilo.
Nick: Ok... vamos sair daqui? – Ele propôs com um tom de voz que eu não podia negar.
Eu: Sim, ou é arriscado ela chamar a ambulância mesmo da próxima vez. Rs – Ele assentiu e rapidamente levantou, puxando minha mão... seguimos pelo corredor com o cuidado para que ninguém nos visse. Era divertido... tudo bem, já falei isso. Mas eu repito, e era mais do que isso... seja qual fosse o lugar que estivéssemos indo, seria difícil separar sua mão da minha. Naturalmente eu não prestaria muita atenção em um toque ou aperto de mão, mas o dele era diferente... um toque aveludado, que como o imã não se afastaria facilmente, como duas peças de um brinquedo inocente que se encaixam perfeitamente, mas eram mais que uma brincadeira, era mais envolvente e mágico cada momento... o abraço, a mão, o beijo, o olhar...
Chegamos no jardim da escola, e nesse horário ninguém costumava passar por lá mesmo. Agora andando com mais calma, o toque de suas mãos quentes afastou-se gelando as minhas que ainda lutaram discretamente para não separar-se das dele. Ficamos em silencio por uns instantes, eu olhava em volta, ele para o chão.

Eu: Gosto daqui... – Falei olhando para cima, estávamos praticamente passando por baixo da mesma árvore que outro dia o Nick estava aqui, deitado lendo um livro e eu louca atrás do meu diário. No mesmo lugar que ele arrancou uma flor roxa e me entregou junto com a partitura da música que ele cantava, quando eu ainda procurava respostas dele e hoje eu só deixo acontecer, sem procurar muito os “porquês”. Claro, eles ainda existem, e eu ainda acabo perguntando algumas vezes, só não é mais meu objetivo principal.
Nick: É, eu também. – Falou sentando na grama.
Eu: Sério? – Sentei ao seu lado. Eu não estava duvidando dele, foi uma pergunta de retórica.
Nick: aham. – Tudo bem, ficou bem melhor com uma resposta! *-* Fechei os olhos por uns instantes, respirando fundo, e achei graça sozinha por em vez de termos ido para a sala, aqui estávamos nós... no jardim da escola!!
Eu: Você é louco... rs – Falei sorrindo e em seguida abrindo os olhos.
Nick: Porque? O.o
Eu: Me fez vir pra cá em vez de voltar pra aula!
Nick: haaa você concordou! – Tentou livrar-se da culpa, e depois continuou num tom mais baixo - E... eu tenho certeza que você não ia querer voltar pra lá...
Eu: ér... tem razão. – Falei enquanto a expressão de decepção de Sel vinha à memória e suas palavras ecoaram na minha cabeça outra vez. – Acho que o peso da culpa é maior do que eu posso suportar... – Olhei para o chão brincando com as finas folhas da grama e uma lágrima insistiu em rolar pelo meu rosto. – Eu não queria magoá-la, e acho que não tive forças pra evitar.
Nick: Eu já sei.! – Levantei os olhos. Era como se tivesse uma idéia nova e eu o fitei com curiosidade – Você não tá se sentindo culpada... só tá com medo de perder a amizade, e isso é bom... não é?
Eu: ... – Pensei um pouco, e sei que ele tinha razão. No fundo talvez eu soubesse que não tinha culpa. Só assenti, voltando a baixar os olhos e mais algumas lágrimas venceram-me molhando minhas mãos.
Nick: Smile... vai, preciso de você sorrindo. Lagrimas não combinam com você... – Eram palavras que soaram como uma melodia pra mim. Ainda mais pelo jeito doce que ele usava agora. – Alem do mais... eu já to começando a me sentir culpado também e isso não é legal!! – Lembro-me de ter falado pra ele que Sel dizia gostar dele e por isso surgiu toda essa confusão na minha vida.
Eu: Você não tem culpa de nada. Rsrs - Sorri, sem perceber que fazia isso.
Nick: Ok, assim está melhor. - Ele sorriu sem mostrar os dentes. Isso era comum agora, já que mesmo brincando, ele parecia ser sério ainda. Seu dedo encostou no meu rosto, enxugando uma das lágrimas que tinham escorregado... apenas uma. – Seus olhos ficam verdes quando você chora...

Ele disse baixo, e embora eu já soubesse disso gostava de ouvir. Aonde isso vai parar?? Afinal, por enquanto não passamos de amigos... não terminei o pensamento, seu rosto  estava colado ao meu, e num toque delicado e inseguro o sabor do beijo se misturou às poucas lagrimas que ainda não tinham enxugado. Selena me mataria de vez se 'visse' isso novamente, mas eu não queria pensar nisso agora, e nem conseguia. Só sentia, uma de suas mãos estava segurando minha nuca e isso tudo causava arrepios, ou o já conhecido por mim, choque que eu nunca me acostumaria plenamente. Então ele afastou um pouco os lábios, fechando os olhos em direção ao chão, mas sua testa ainda estava colada à minha e meus olhos se entreabriram..

Nick: Desculpa... – ele respirava mais fundo enquanto eu pegava ar. Se afastou voltando a ficar apenas ao meu lado, sentado. – Não tá certo, não agora... eu sei. – Ele pareceu raciocinar consigo mesmo. “Por que?” “ O que foi?” eu não sabia o que dizer. – Ainda têm lágrimas no seu rosto... – Sim, ele percebeu isso, e que eu talvez precisasse de tempo... não sei. Pode ter achado que eu não queria correr riscos agora, risco de complicar mais minha amizade com Selena. Mas eu disse que lutaria pelos dois, de qualquer forma, então, eu correria riscos. Ouvi o  toque para o fim da aula que estávamos perdendo... ele levantou enquanto eu permaneci estática por uns instantes e estendeu a mão. – Hora de estudar! – Falou irônico e eu sorri, segurando a mão que ele usou para me ajudar a levantar.

Teriamos a próxima aula de matérias diferentes, e então nós nos separamos. Peguei o material da aula seguinte nos armários e...

Demi: Onde você foi?? – Virei-me assustada com o momento histérico.
****************************************
~>Ok, acho que esse capítulo não ficou tão bom, foi difícil de escrever! O.o.O Não deixem de comentar, eu tinha que postar logo então tentei fazer o melhor que pude, tá? Desculpem a demora, não consegui postar antes mesmo.

~>Respondendo:
·         New Histories: Sim, os dias certos pra eu postar são de 2 em 2 dias e eu me esforço pra isso. Mas não é fácil, minha vida é corrida em muitos dias. Quando não posto nesses dias é por que não deu meesmo. Tá? Siim devíamos ganhar salários pra ser estudantes! Mas não... ainda pago pra ‘trabalhar’! ¬¬’ rsrs Tambem defendo isso: devíamos estudar o básico e depois estudar só o ramo que vamos seguir. Eu tambem não entendo por que eu quero saber a formula de uma molécula ou por que que o elástico vai e volta ¬¬’ / xoxo
·         Baby mc: migaah xaudds *-* Niley sempre! E eles são perfeitos sim *-* Owwn God, por que não ficam juntos logo, já que os 2 querem e fazem os fans felizes ^^?? Minha teoria: eles estão guardando o melhor pro final, como a Miley disse “duas pessoas destinadas a ficar juntas”... no fim eles vão ficar juntos.
·         Paulinha: kkkkk Sim, também achei bem legal o jeito que ela respondeu. / Ah, Niley não se imagina... você sabe que é real! Rsrs Só precisa de tempo pra tudo o que a ‘tempestade’ quebrou voltar a se “consertar”. / Pois é... à espera do Big Rob! Ele vai nos achar outra vez. Daqui a pouco tá espalhando panfletos por ai com nossa foto kkkk / Eu rio muito com seus coments mesmo. Alok/
·         Tércia: Niley Foreveerrr –Jemii Cuteeee – Kaká de voltaaa! Kkkkkk  Amuuh falar contigo na escola sobre eles ^^ Ri muito com nossa conversa tipo, depois de meia hora: “*caindoaficha*a gente tá falando de futebol?????Milagreee” kkkkkkk  / Eu nem olhei o site do colégio... e é que a coordenadora tbem falou pra gente olhar. O.o
·         Sofia: Siim, tudo ao seu tempo. Rsrs. / A Tay falou sim, ela anda twitando muito sobre o Brasil, o Kaká, Niley e Semi. Amo os tweets dela! Rsrsrs Me sinto tão compreendida*-* rsrs / Olha o twitter dela: @taylorswift @taylorswift13 ou então me segue que eu costumo dar RT nos mais legais traduzidos ^^ / BJonas
·         Taylícia: Acho que ele também ‘se tocou’ do lugar à tempo.. rsrs / Sim, a Selena tá agindo totalmente errado, né? Tadinha da Miley! *-*Já a Demi, acho que ela só não apóia o que a Miley fez, pq ela avisou muito antes. Mas ela tambem não abandonou nenhuma das amigas...tá só tentando apóia as duas, o que é difícil. Rsrs amuh depoimentos/ rsrs xaudds migah. Beijinhos e borboletas
·         Larissa: Brigadaaa pela sugestão, e eu andei pensando nisso. Só que eu acho que vai ser como repetir o que já aconteceu até aqui com a Demi, Sel e a My. Já aconteceu uma coisa bem parecida no começo da história com My e a Sel ficando muito amigas e depois que a Demi se tornou amiga da Sel. Mas bigada pela sugestão, sempre q tiver uma diz pra gente tá? Sempre que dá eu tento colocar. ^^
xoxoxo
Marcadores: | edit post
Está: 
15 Responses
  1. AMIGAAAAAAAAAAAAAA PRIMEIROOO COMENTARIOO

    SHOWW HAHA DEPOIS COMENTO MAIS PQ E UM MOMENTO HISTORICOO NA MINHA VIDA


  2. hahaa comentoo jaa pelaa minha contaaa

    xeru^^


    Paulinhaa R..


  3. Ashleyzinha Says:

    Oiie amigaah ! =]
    Cêe sabee que eeu ameei néeh ?!
    rs '
    Muitoh perfeitooh =)
    Goosteei mesmo , ficoou perfeitoh de maiis XD
    Nossa coomo a seel taah atrapalhandooh ;@
    Vou acabar batenedoh nela ;@
    arg ..
    Maiis toh ansiiosa poor maiis táh ..
    E hoje eu nção vou fazer um depoimentooh lol
    kkkkkk '
    Postaah rapidoh , queroo mais Nileey ainda eiin ?!
    Beijinhos e borboletas


  4. Bianca Niley Says:

    AH eu ameeei, o capitulo ficou MARA, lagrimas n combinam com vc e o beijo foi incrivel ameeeei!!! Parabens


  5. Manuh Costa Says:

    Tah Perfeito.
    Adoro sua Fic.
    Continuaa


  6. Paulinha Says:

    AMIGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA^^

    PERFEITOOOOOOOOOOOOOOOO

    LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    INCRIVELL AI VC VAI ME MATAR UM DIAAA ^^ COM ESSE CAPS MARAVILHOSOS KK'Serio *--*


    Miguxaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa Muitass Saudadessssssssss *--*

    @RiMuitoQuando kk' o coitadooo do hadryell rsrs'

    ei amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa AMEII O CAP NILEYYYYYY
    P-E-R-FE-I-T-O
    se continuar assim eu vo pegar a diabena pedi um autografo e tirar umas fotos depois MATOO ELAA e ela deixa os niley em paz DEPOIS MATO O PALHAÇO kk' a Tay ja ta dentroo boraa tbm? kk

    Te AMOOO MUITOOO


    XERUU^^


  7. Paulinha Says:

    amigaaaaaaaaaaa big rob(acho que o nome dele e asim e que esqueci kk')botar cartazes que nossa foto saia bonita que naum sej aumja feia se naum sei nem o que faço com ele kk' pois e amigha so to esperando a ligação ou o aviso dele kk' praa gente vero o nick e o joe eles devem estar disisperados atraz da gente ne? kk'


  8. Kelly Says:

    Muito bom mesmo =)
    AMo sua historia
    posta logo viu
    beijemi :b


  9. Baby MC (com preguiça de mais pra entrar na conta do google) Says:

    AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI
    Ta tãoooo perfeito
    Não sei como tem gente que pode não ser Niley...
    Tb to com saudadeees.
    Com certeza eles tão se guardando pro final ou são orgulhosos de mais pra admitir que continuam apaixonados.
    posta logoo
    bjsss
    p.s:vi que vc respondeu um coment dizendo que o twitter da taylor eh taylorswift mas na verdade é taylorswift13 o outro é fake.bjss


  10. Sofia Says:

    Lua!!!!! Eu adorei esse capitulo. Sem zoar, ri muito quando o nick \suspiro/ pois a miley no colo., Sei lá, só quase cai da cadeira (exagerei, mais foi parecido). O momento Niley foi maravilhoso! Nick tão cute, pensando em não complicar a My. (quero um namorado desses.)

    Eu vi isso no twitter q eu achei no seu tt, mas eu naum vi no twitter q parece ser mais dela do que o q vc segue, pq no que vc segue, tem pokos seguidores e nem foto dela tem. Eu achei um no google e tem mtas fotos dela.

    Vc viu as fotos do Le Mis.? Tão perfeitas!!! O nick tah mto lindo e eu naum sabia q ele (aparentemente) se casava na peça. O mais doloroso foi ver ele beijando a mulher.(sortuda). Queria morar em londres p/ ver essa peça. O NICK TA LINDO DEMAIS!!

    Amiga, vc precisa postar o mais rapido possivel! A hist. tah mto legal!!!! Posta logo viu?

    Bjonas

    Soh


  11. Jaqueline Taveira Says:

    To sem tempo hj...então só quero dizer que eu AMEIIIII...NILEY...NILEY.....NILEY...AMOOOOOO.......POSTA MAIS UM NILEY PLEASE


  12. ah eu amoh os dois juntoooos
    pena kih a vida real é uma montanha de decepções, como uma montanha russa que desce e sobe.
    Quando sobe parece estar tudo bem mas de repente cai e as coisas complicam tudo começa a perder o sentido e é dificl subir de novo sem dar mais voltas...
    Mas eu ameeeih o cap.
    Amuh sua historia ela é muuuito boa
    POste em breve s2
    xoxoxoxo =D


  13. Jaqueline Taveira Says:

    Haiin amigah...Minha amiga me convenceu a fazer um blog de historia Niley..Jemi e Taylena...ME AJUDA AII..DIVULGA MEU BLOG FIZ HOJE...JA DEI OS PERSONAGENS E VO POSTA O 1 CAPITULO AINDA HJ SER DER...DIVULGA PRA MIM PLEASE....BJIM..E MAIS UMA VEZ SUA FIC TA TUDO DE BOM....AMOO..


  14. Hain SORRY...FALEI PRA VC DIVULGAR E NEM DEI O SITE NÉ..OI MAL..TO COM PRESSA SE NÃO FOSSE MINHA AMIGA TINHA ESQUECIDOO.....É...
    http://nileyjemitaylena.blogspot.com/

    Bjos...xoxo


  15. Poxa to aqui mais uma fez néh..bem essa Jaqueline.Niley.Jemi.Taylena sou eu Jaqueline Taveira....bjo